Menu
sexta, 24 de janeiro de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
CRUELDADE

Inquérito conclui que jovem amarrou mãe para estuprá-la, esfaqueou e ateou fogo

A vítima foi atingida por cinco golpes de faca desferidos pelo próprio filho

13 Jan 2020 - 14h56Por Anna Gomes/Bonito Informa

A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre a morte de Marina Cabreira, morta aos 42 anos no dia 23 de dezembro em Dourados. No documento enviado ao MPE-MS (Ministério Público Estadual) para oferecimento da denúncia à Justiça, o filho da vítima, Paulinho Cabreira, de 19 anos, é acusado de estupro, homicídio qualificado e destruição de cadáver.

Conforme o site Dourados News, o delegado Rodolfo Daltro, chefe do SIG (Setor de Investigações Gerais) que prendeu o acusado e conduziu o inquérito, informou que ele também é suspeito de ter tentado violentar sexualmente outra pessoa anos antes, no município de Juti, caso que também será apurado.

Quanto ao crime bárbaro ocorrido na antevéspera do Natal em 2019, a autoridade policial informou ter apurado que Paulinho Cabreira amarrou a própria mãe em um sofá enquanto ela dormia após ter consumido bebida alcoólica.

Com ela desacordada, deu início à violência sexual. Durante o estupro, a vítima acordo e tentou reagir, quando o jovem desferiu as facadas que causaram a morte. A investigação indica que foram pelo menos cinco golpes.

Preso preventivamente desde o dia 28 de dezembro, o acusado também ateou fogo ao corpo da própria mãe. Ele foi alvo de mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça Criminal de Dourados e encontrado em uma propriedade na Aldeia Bororó, na Reserva Indígena.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Adolescente ao manusear espingarda dispara e mata acidentalmente amigo de 13 anos em MS
QUE COISA
Homem destrói Jeep de R$ 110 mil um dia após comprar carro em MS
MORTE A ESCLARECER
Homem é encontrado boiando no Rio Miranda em Jardim
CRIME CRUEL
Dona de casa e adolescente mataram e enterraram menina de 13 anos
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Pai e filha, moradores de Dourados, morrem em acidente no Paraná
ESTUPRO
Construtor estupra enteada de 12 anos após trancar esposa em cômodo de casa
PEDOFILIA
Polícia prende pedófilo após pai se passar pela criança em conversa no WhatsApp
PRESO
Suspeito de matar homem esfaqueado no pescoço é preso em Dourados
Júri
Acusado de matar com 15 facadas é condenado a 1 ano de prisão e multa
Assassinato
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados