Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 14 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC
COFFEE BREAK

Gaeco sofre mais uma derrota no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul

7 Mar 2018 - 07h39Por DA REDAÇÃO

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), braço do Ministério Público do Estado, sofreu mais uma derrota no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) com a decisão, por maioria já formada, de suspender a ação por improbidade administrativa contra o deputado estadual Paulo Sufi (MDB) no âmbito da Coffee Break. O parlamentar foi acusado de ter movimentação atípica em sua conta bancária no período em que era vereador de Campo Grande.

Os promotores de Justiça, integrantes da força-tarefa do Gaeco, Cristiane Mourão Leal Santos, Thalys Franklyn de Souza, Tiago Di Giulio Freire e Fernando Martins Zaupa, foram criticados por não computar as finanças das atividades privadas de Siufi na ação. Eles apenas indicaram o salário dele na Câmara Municipal de Campo Grande. Por isto da divergência nas contas bancárias do parlamentar.

De acordo com o recurso preparado pelo escritório do advogado Avelino Duarte, “o autor da ação (MPE) utilizou como premissa apenas o subsídio percebido pelo requerido enquanto vereador, desprezando outras fontes de receitas.

É por tal razão que os rendimentos do agravante divergiram da totalidade de créditos que transitaram por suas contas bancárias”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DUAS MORTES POR RAIOS NO MS
Tempestade surpreende e dois morrem atingidos por raios em MS
CÊ ACREDITA - E NÃO É FAKE
Mãe tenta vender virgindade da filha de 13 anos na Internet por quase R$ 100 mil reais
ITAPORÃ - TRAGÉDIA EM FAMÍLIA
CRIME EM ITAPORÃ: Neto matou avó com duas facadas nas costas
BONITO - MS - CASO JOÃO DE DEUS
Bonito (MS) recebeu 'João de Deus' em 2008 e promotoria se coloca a disposição para denúncias
ITAPORÃ - CRIME EM FAMÍLIA
Menor mata a própria avó a facadas em Itaporã
ATENÇÃO A TODOS
Jovem lutadora russa morre eletrocutada após queda de iPhone no banho
FATALIDADE EM CIDADE DO MS
Homem perde perna e braço após ser atropelado por trem em cidade do MS
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
Populares seguram jovem querendo matar a ex-mulher com faca até PM chegar em bairro de Bonito (MS)
BONITO - MS - NA LISTA DO IBAMA
Bonito na lista, Ibama aplicou R$ 672 mil em multas a produtores por uso irregular de agrotóxicos
CASAMENTO COM EMOÇÃO
Casamento de Nicole Bahls tem polícia na igreja, convidados na delegacia e ladrão famoso descoberto