Menu
ITALÍNEA DOURADOS
segunda, 20 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Viagem da presidenta à China já rendeu 20 acordos bilaterais em dois dias

13 Abr 2011 - 15h59Por Agência Brasil

Em apenas dois dias, a visita da presidenta Dilma Rousseff à China já rendeu negociações de aproximadamente 20 acordos no valor total de US$ 1 bilhão. A informação é do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel.

Como exemplos, Pimentel mencionou o investimento de US$ 300 milhões na cidade de Barreiras, na Bahia, para implantar uma fábrica de processamento de soja. Segundo ele, também foram negociados  investimentos no valor de US$ 300 milhões em uma planta de produção de equipamentos de informação em Goiás.

Para o diretor do Departamento de Promoção Comercial e Investimento do Itamaraty, Norton Rapesta, a nova posição do Brasil começou a surtir efeito. De acordo com ele, é possível começar  a perceber uma mudança de postura por parte da China.

''A presidenta deu um recado claro e objetivo. E a gente já começa a ver uma mudança de postura da China. Já manifestaram a disposição, por exemplo, de identificar novos setores de investimento no Brasil'', afirmou  Rapesta.

O desafio de Dilma e da equipe brasileira na viagem é conseguir diversificar as exportações brasileiras. Um dos primeiros resultados foi obtido por meio do Ministério da Agricultura. Ontem (10), o ministério confirmou que o governo da China autorizou três frigoríficos brasileiros a exportar carne de porco para o mercado chinês.

Também foi anunciado que a empresa chinesa Huawei vai investir cerca de US$ 300 milhões na construção de um centro de pesquisa e desenvolvimento em Campinas, no interior de São Paulo. Ontem, a visita da presidenta começou com o anúncio de um possível acordo que pode evitar o fechamento da fábrica da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer) em Harbin, um dos pontos mais polêmicos da relação entre os dois países. A fábrica corria o risco de ficar ociosa e fechar as portas em breve.

Ainda hoje (12),  após um seminário com empresários, Dilma se reunirá com o presidente chinês, Hu Jintao, no Grande Palácio do Povo. Amanhã (13), ela conversa com o presidente da Assembleia Popular Nacional, Wu Bangguo, e com o premiê chinês, Wen Jiabao. “A China adotou a estratégia de absorver, recriar e recompor”, disse o vice-ministro da Ciência e Tecnologia, Cao Jianlin.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROPAGANDA ANTECIPADA
Juiz rejeita recurso e mantém multa de R$ 31,5 mil a Odilon por uso de outdoors
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Em 4 anos, Governo Reinaldo entrega mais pontes de concreto do que em toda história do Estado do MS
BONITO - MS
Jogos Escolares 2018 terão início nesta segunda-feira, dia 20 em Bonito
EM MIRANDA - MS - CASO DE POLÍCIA
Donos de casa noturna são presos por estupro coletivo de adolescente em Miranda
STOCK CAR
Vítima atropelada na Stock Car Light permanece no CTI
TJMS
Tribunal de Justiça triplica valor do "auxílio saúde" para juízes e desembargadores
ECONOMIA
Tesouro pagou em julho R$ 602,43 milhões em dívidas de estados
EDUCAÇÃO
Começam hoje inscrições para bolsas remanescentes do ProUni
JUSTIÇA
Ministras do STF conclamam mulheres a buscar igualdade pelo voto
ESTUDANTE DE MEDICINA NO PARAGUAI
Estudante de medicina foi morta com mais de 16 facadas na fronteira; namorado é principal suspeito