Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sbado, 18 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Vacina experimental traz esperança para enfrentar malária

12 Set 2011 - 09h18Por Folha.com

Uma vacina contra a malária que usa uma estratégia de produção inovadora obteve bons resultados em testes preliminares. A notícia foi anunciada na sexta-feira (9) por cientistas americanos.

O novo imunizante, desenvolvido pela empresa de biotecnologia Sanaria em parceria com os Institutos Nacionais de Saúde dos EUA, é o primeiro a usar células inteiras do parasita Plasmodium falciparum, causador da forma mais severa da doença.

Tratado com radiação para ser enfraquecido, o micróbio é injetado no organismo e faz com que o sistema imune aprenda a reconhecê-lo, sem oferecer risco.

Em estudo na revista "Science", os cientistas mostram como fizeram para isolar os esporozoítos, um dos estágios do plasmódio, e transferi-los para uma solução limpa que pode ser usada como vacina.

Os pesquisadores já testaram a nova vacina com injeções superficiais em humanos, e ela se mostrou segura, ainda que não tenha mostrado eficácia logo de cara. Os cientistas ainda não tinham autorização para usar injeção intravenosa do produto em pessoas, e fizeram um teste em macacos, com sucesso.

"Mostramos que a injeção intravenosa é dez vezes mais potente do que a subcutânea", diz Robert Seder, um dos líderes do trabalho.

"Agora vamos começar um estudo de segurança com humanos, primeiro testando doses baixas da vacina com injeção intravenosa. Depois vamos desafiar os voluntários, expondo-os a mosquitos infectados com malária."

As cobaias do estudo, diz, serão militares recrutados pelo Instituto de Pesquisa Walter Reed, do Exército dos EUA. "Se eles contraírem malária, receberão tratamento imediato", afirma Seder.

A inspiração para a nova vacina veio de testes dos anos 1970, quando cientistas conseguiram imunizar voluntários usando mosquitos submetidos a radiação.

A picada acabava por vacinar as pessoas. Cientistas acreditam que o esporozoíto enfraquecido ensina as células do sistema imune a identificar e matar células infectadas, detendo o plasmódio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS