Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 19 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Uso de tijolos ecológicos pode trazer economia de até 40% no custo total da obra

12 Set 2011 - 08h03Por Correio do Estado

Já pensou em construir uma casa ecologicamente correta, com tijolos até 8 vezes mais resistentes que os convencionais? Isso já é possível na Capital com o uso dos chamados tijolos ecológicos. Apesar de serem 10% mais caros que os comuns, no custo final da obra, o consumidor pode economizar cerca de 40%, por que a tecnologia não demanda grandes investimentos em acabamento da construção.

Os tijolos ecológicos podem ser feitos também de bagaço de cana de açúcar, casca de arroz, porcelana, gesso industrializado, fibrocimento, areia de fundição, material de construção civil, entre outros materiais como notas de dinheiro sem uso.

O gerente de marketing de uma empresa que fabrica o produto na Capital, Marcos Matos, destaca a preocupação que a indústria tem em desenvolver projetos que auxiliam no mercado da construção ecologicamente correta, com a fabricação de máquinas que utilização resíduos sem utilidade, como lixos orgânicos.

Para ressaltar essa importância, a indústria quer entrar no Guinness World Records (Livro dos Recordes), com a construção da maior obra do mundo feita com tijolos de lixo orgânico, com área de 10 mil m, que tende a ficar pronta no final do ano de 2012.

“Este tijolo e feito com notas de dinheiro sem utilização na Casa da Moeda, aqui contém 30 mil reais em notas de dinheiro”, destaca Marcos.

Tijolo Modular

Em virtude do sistema vazado e encaixe na vertical, o tijolo modular permite a passagem tanto dos dutos elétricos quanto do sistema hidráulico, e entre outros, evita a quebra de paredes para passar os fios.

Assim, se evita o aumento de entulhos, o desperdício com materiais, quebra-quebra e a restauração das paredes, sendo que no sistema convencional de construção este tipo de prejuízo é inevitável.

Vale ressaltar que casas construídas com tijolos ecológicos são aprovadas pela Caixa Econômica, pois é um material normatizado e que possui certificação pela ABNT (Associação Brasileira de Normas técnicas).

Pisos

Os pisos ecológicos são permeáveis, fazendo com que ocorra absorção da água. Eles podem ser retirados e recolocados, permitindo consertos subterrâneos em calçadas e vias, sem remendos, além de possuir variedade de cores e facilidade em assentamento. Existem ainda modelos de piso tátil, que facilita na percepção de pessoas com deficiência visual e baixa visão.

Que tal assentar uma parede com cola?

O tijolo ecológico pode ser assentado de varias formas, a cola PVA é uma das maneiras mais prática e rápida, também podemos utilizar a argamassa de assentamento convencional ou uma mistura feita de cola, água e o próprio solo. Por ser um sistema de modular, dependendo do projeto proposto, podemos dispensar a cola entre os tijolos a utilizar somente o sistema de encaixe dos tijolos

Revestimentos

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADE - "SUSPIROS" DOS FÃS
Sem calcinha, Juju Salimeni compartilha foto ousada
MUNDO DOS FAMOSOS - NO AR -
Gusttavo Lima passa perrengue em vôo para Nova Iorque
OPORTUNIDADES NO MS
Governo de MS tem quatro concursos com 2,3 mil cargos ainda em 2018
NOVA FRENTE FRIA - VEJA A PREVISÃO
Nova frente fria chega a Mato Grosso do Sul e mínima será de 6ºC
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda