Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 18 de outubro de 2018
KAGIVA
Busca

Uruguai, Argentina e Paraguai retomam voos aos poucos devido ao vulcão chileno

16 Jun 2011 - 09h13Por Agência Brasil

Os voos para o Uruguai, Paraguai e a Argentina estão se regularizando aos poucos, segundo os principais aeroportos desses países. Nos últimos dias, houve cancelamentos e adiamentos devido à nuvem de cinzas provocada pela erupção do Vulcão Puyehue, no Chile. As informações foram divulgadas pelo site do Aeroporto Internacional de Carrasco, a leste de Montevidéu.

De acordo com as companhias aéreas do Uruguai, Paraguai e da Argentina, os prejuízos atingiram cerca de US$ 2 milhões de dólares por dia. O diretor de Meteorologia e da Aeronáutica, Laura Vanoli, disse que o Uruguai está "fora de área afetada pela nuvem de cinzas."

"Estamos falando de uma melhora temporária, pelo menos até a manhã de quinta-feira [16] há indicações que não haverá problema", disse a especialista. Porém, ela advertiu que a nuvem pode partir e retornar.

No último dia 10, a nuvem de cinzas chegou ao Uruguai, levando ao cancelamento da maioria dos voos programados. O diretor de Operações do Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi Paraguai, Victor Velázquez, afirmou que o ritmo normal vagarosamente está sendo retomado.

A responsável pela Direção Nacional de Aviação Civil (Dinac) da Argentina, Milcíades Fleitas, preferiu manter a cautela e não arriscar sobre a normalização dos voos. "O que pode acontecer nas próximas horas é imprevisível. Porém, a situação atual é de normalidade.”

Segundo Milcíades, os dois principais aeroportos da Argentina, Jorge Newbery (para os países que têm fronteiras com a Argentina) e Ezeiza (internacional), retomaram a normalidade. “Os voos começaram a voltar lentamente a partir de terça-feira [ontem] com a partida de três voos internacionais.”

Desde o último dia 4, quando o vulcão entrou em erupção, os voos destinados ao Chile, à Argentina, ao Paraguai e Uruguai sofreram alterações, sendo que em alguns dias a situação era mais grave do que em outros. O secretário-geral da Direção de Aeronáutica Civil do Chile, Pablo Ortega, disse que a nuvem de cinzas ou pluma do vulcão chileno está prestes a completar a volta ao mundo.

Em decorrência dos ventos, a nuvem de cinzas seguiu em direção à Austrália e à Nova Zelândia. Segundo especialistas, a tendência é elas deem uma volta ao mundo para depois retornar ao Chile. Pelo quarto dia consecutivo, há um caos aéreo na Austrália e na Nova Zelândia devido à nuvem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - NA SESSÃO
Nixon solicita a Senadora emenda para aquisição de equipamentos para hospital de Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO NA CÂMARA
Luisa pede ao Poder Executivo ambulância para o Distrito Águas do Miranda em Bonito (MS)
ESTRAGOS DAS CHUVAS EM MS
Mais uma cidade de MS decreta situação de emergência devido aos estragos provocados por chuva
BONITO - MS - TRABALHO LEGISLATIVO
Indicações e Requerimentos foram aprovados durante sessão da Câmara em Bonito (MS)
MELHOR SALÁRIO É DO MS
Fetems confirma: Reinaldo paga o melhor salário de professor do Brasil
NO RIO MIRANDA - MULTA E APREENSÃO
PMA prende e autua em R$ 17 mil oito turistas paulistas pescando com redes e tarrafas no Rio Miranda
BONITO - MS - TESTE EM AEROPORTO
Aeroporto terá testes durante Seminário Nacional de Perícia em BONITO (MS)
ENTRETENIMENTO
FAZENDA 10: Dívida de Perlla com ex-empresário ultrapassa R$ 1 milhão
A FAZENDA 10 - ENTRETENIMENTO
'Vaza' passado cabeludo de Fernanda Lacerda e Léo Stronda fora da Fazenda
A FAZENDA 10 - FOGO NO FENO
Mulher de Rafael Ilha detona Gabi Prado e dispara contra peoa: 'Deve sofrer de alguma doença'