Menu
mutantes
quarta, 20 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
UNIPAR_PC

Um mês após massacre no Rio, duas vítimas continuam internadas

10 Mai 2011 - 08h29Por Folha.com

Um mês após o massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo (zona oeste do Rio), duas vítimas do atirador Wellington Menezes de Oliveira ainda estão internadas.

Um adolescente de 13 anos passou por uma cirurgia para correção de fratura de órbita ocular direita, na manhã desta segunda-feira, e passa bem. O menino está internado no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), no centro do Rio, mas não tem previsão de alta.

Uma garota, também de 13 anos, continua internada na enfermaria no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna (Baixada Fluminense). Seu quadro é estável e ela vem se recuperando bem, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. Ela foi atingida no abdômen e na coluna.

O massacre ocorreu na manhã de 7 de abril, quando o ex-aluno Wellington Oliveira de Menezes, 23, entrou na escola e atirou contra os estudantes. Doze morreram e outros 12 ficaram feridos. Wellington cometeu suicídio em seguida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Justiça confirma proibição da venda de agrotóxicos no Mercado Livre
SEM DEFESA
Advogada ameaça suicídio e júri é suspenso com réu sem defesa em MS
SUPERLUA
Maior superlua em 2019: o fenômeno astronômico que ocorre nesta terça-feira
AGRICULTURA
Em MS, Iagro e SES enfrentam venda e uso irregular de agrotóxicos na agricultura
MÚSICA
João Carlos Martins passa por cirurgia para tratar dor e tem movimento da mão reduzido
CIDADES
'Ganhei um presente embalado', diz mãe de bebê que nasceu dentro da bolsa amniótica
POLÍTICA
Nelsinho Trad é eleito coordenador da bancada de MS em Brasília
POLÍCIA
Tarado que tentou estuprar mulheres é procurado em cidade de MS
BONITO INFORMA TV
Fórum Municipal de Cultura de Bonito convoca comunidade para reunião sobre 20º Festival de Inverno
SAÚDE
Projeto Roda-Hans/Carreta da Saúde está atendendo hoje em Bonito