Menu
KAGIVA
tera, 13 de novembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

TRT adota ações socioambientais para ajudar a reduzir gás carbônico no ar

28 Set 2011 - 17h46Por Vinícius Squinelo/Campo Grande News

A temática dos cuidados com o Meio Ambiente chegou também ao TRT/MS (Tribunal Regional do Trabalho), que vem implementando ações internas para mudar, pelo menos um pouco, o quadro ambiental.

Segunda-feira, a Comissão de Gestão e Educação Ambiental do TRT apresentou para a diretoria do Tribunal o projeto “TRT MS: Carbono Neutro”, de plantio de mudas de árvores, com objetivo de recuperar a degradação feita pelos combustíveis usados pelos veículos da instituição. “Vamos calcular o total gasto de gasolina, álcool e diesel em 2010, fazer uma relação e plantar árvores para recuperar os danos ao Meio Ambiente”, afirmou João Douglas Azevedo, secretário da Comissão.

O início do plantio está previsto para o próximo ano, com a possibilidade de mil mudas serem plantadas ainda neste ano, como fator simbólico da ação do Tribunal. O projeto será realizado de forma contínua, todos os anos o TRT/MS fará o cálculo de degradação feita pela queima do combustível e plantará as mudas de árvores.

“Vai ser criado um selo verde do TRT/MS, e essa e outras ações serão contínuas”, comentou Azevedo. As mudas, cedidas pela Águas Guariroba, serão plantadas na mata ciliar do Córrego Guariroba. Uma empresa será contratada para realizar o plantio e cuidar da árvore durante os primeiros três meses.

A preocupação com o Tribunal com o Meio Ambiente não é de hoje. Desde 2006, o TRT regional evita o uso de papel, fazendo uso de seus documentos de forma digitalizada. Por ano, é economizada uma média de 160 mil folhas, o que gera a preservação de 15 árvores.

Prédio: O novo prédio do TRT de MS, também passou por modificações propostas pela Comissão de Gestão Ambiental, como:

A iluminação, ventilação e incidência de sol foi distribuída com o intuito de um menor gasto com energia elétrica, diminuindo a utilização de ar condicionado e luz artificial;

Armazenagem das águas pluviais – chuvas – em reservatório, de tal forma que se aproveita para molhar grama e jardins, bem como a limpeza de áreas. O excesso de água pluvial sendo lançado junto ao lençol freático evitando o descarte em vias públicas e asfaltadas;

Descarga de banheiro com otimização;

Aparelhos de ar condicionado (sistema VRF) alimentados com líquido refrigerante. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - PONTO FACULTATIVO
Prefeitura terá ponto facultativo nesta sexta-feira (16) em Bonito (MS)
CIDADES
Após 10 anos, mulher ganha direito de ter sobrenome de 2 mães já falecidas
ALERTA
Imunização contra febre amarela deve ser feita de forma antecipada
OPERAÇÕES DA PF NO ESTADO
De quarta a domingo, PRF reforça fiscalização nas rodovias do Estado
EDUCAÇÃO
MS terá Centro Nacional de Mídias para implantação do Novo Ensino Médio
CIDADES
Vencedores do XIII Prêmio de Gestão Pública serão conhecidos no dia 19
ECONOMIA
Bandeira tarifária de energia é amarela em novembro
BONITO - MS - BALNEÁRIO MUNICIPAL
Prefeitura renova permanência de quiosques no Balneário Municipal em Bonito (MS)
CIDADES
Advogada que defenderia traficante Jarvis Pavão é executada em cidade paraguaia na fronteira com MS
CIDADES
Briga por carrinho de compras em supermercado termina com homem perfurado por chave de carro em MS