Menu
mutantes
tera, 23 de abril de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ÁGUAS DE BONITO

TRT adota ações socioambientais para ajudar a reduzir gás carbônico no ar

28 Set 2011 - 17h46Por Vinícius Squinelo/Campo Grande News

A temática dos cuidados com o Meio Ambiente chegou também ao TRT/MS (Tribunal Regional do Trabalho), que vem implementando ações internas para mudar, pelo menos um pouco, o quadro ambiental.

Segunda-feira, a Comissão de Gestão e Educação Ambiental do TRT apresentou para a diretoria do Tribunal o projeto “TRT MS: Carbono Neutro”, de plantio de mudas de árvores, com objetivo de recuperar a degradação feita pelos combustíveis usados pelos veículos da instituição. “Vamos calcular o total gasto de gasolina, álcool e diesel em 2010, fazer uma relação e plantar árvores para recuperar os danos ao Meio Ambiente”, afirmou João Douglas Azevedo, secretário da Comissão.

O início do plantio está previsto para o próximo ano, com a possibilidade de mil mudas serem plantadas ainda neste ano, como fator simbólico da ação do Tribunal. O projeto será realizado de forma contínua, todos os anos o TRT/MS fará o cálculo de degradação feita pela queima do combustível e plantará as mudas de árvores.

“Vai ser criado um selo verde do TRT/MS, e essa e outras ações serão contínuas”, comentou Azevedo. As mudas, cedidas pela Águas Guariroba, serão plantadas na mata ciliar do Córrego Guariroba. Uma empresa será contratada para realizar o plantio e cuidar da árvore durante os primeiros três meses.

A preocupação com o Tribunal com o Meio Ambiente não é de hoje. Desde 2006, o TRT regional evita o uso de papel, fazendo uso de seus documentos de forma digitalizada. Por ano, é economizada uma média de 160 mil folhas, o que gera a preservação de 15 árvores.

Prédio: O novo prédio do TRT de MS, também passou por modificações propostas pela Comissão de Gestão Ambiental, como:

A iluminação, ventilação e incidência de sol foi distribuída com o intuito de um menor gasto com energia elétrica, diminuindo a utilização de ar condicionado e luz artificial;

Armazenagem das águas pluviais – chuvas – em reservatório, de tal forma que se aproveita para molhar grama e jardins, bem como a limpeza de áreas. O excesso de água pluvial sendo lançado junto ao lençol freático evitando o descarte em vias públicas e asfaltadas;

Descarga de banheiro com otimização;

Aparelhos de ar condicionado (sistema VRF) alimentados com líquido refrigerante. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO TRIPLEX
STJ julga nesta terça recurso de Lula no caso triplex
NOVA ELEIÇÕES EM CIDADE DO MS
TRE cassa mandato de prefeita e novas eleições devem ser marcadas em cidade do MS
POLÍCIA
Apontada como chefe do tráfico, vereadora de MS tem prisão mantida
TRÂNSITO
Detran esclarece sobre a Permissão Internacional para Dirigir
GERAL
Ex-aluno da UFMS deve chefiar diretoria responsável pelo Enem
POLÍCIA
Policiais são demitidos por abandono de cargo na Polícia Civil de MS
BONITO - MS
ESF Vila América realiza acompanhamento de doentes crônicos em Bonito
GERAL
MS teve mais de mil motoristas multados por dia em março
CIDADES
Polícia faz 152 blitz em rodovias de MS no feriado
GERAL
Cresce a imprudência e o número de pessoas feridas em acidentes nas rodovias federais de MS