Menu
mutantes
sbado, 23 de maro de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ÁGUAS DE BONITO

Tragédia no Japão pode custar de US$ 100 bi a US$ 200 bi

16 Mar 2011 - 15h00Por Estadão.com

Os danos materiais causados pelo terremoto seguido de tsunami que atingiu o Japão na última sexta-feira, 11, devem superar US$ 100 bilhões, segundo uma reportagem do jornal “The New York Times”. O banco JP Morgan, citado pela agência Reuters, estimou que as perdas variem entre US$ 125 e US$ 200 bilhões.

Essas estimativas se referem ao valor das perdas na economia real. Não confundir com os 55,6 trilhões de ienes (US$ 691 bilhões) que o Banco do Japão (banco central) colocou à disposição do sistema financeiro desde a segunda-feira 14.

Uma coisa é o valor dos estragos materiais; outra é a variação do preço dos papéis no mercado financeiro, gerada muitas vezes pelo medo por parte dos investidores que ainda não são capazes de avaliar o que vai acontecer na economia japonesa. Por isso, a venda de ações ou títulos japoneses, num primeiro momento, pode ser exagerada e não corresponder às perdas materiais de fato causadas pelo terremoto.

Aqui vão dois indícios de que medo pode estar acima do justificável. Primeiro, a bolsa de Tóquio subiu 5,7% nesta quarta-feira, sinal de que muitos investidores avaliaram que a queda de 10,6% registrada na terça fora exagerada.

Segundo, na mesma reportagem do “NYT” uma porta-voz da seguradora Aflac afirma: “O mercado está procurando [vender] tudo o que esteja exposto ao Japão”. Essa empresa vende uma linha de seguros de saúde focada em câncer, mas (ainda) não mexeu suas projeções financeiras após o aumento do risco nuclear no Japão. Mesmo assim, as ações da companhia caíram 5,6% ontem. Ou seja, investidores vendem papéis por precaução, sem que as perdas da empresa tenham sido avaliadas.

Seja qual for o valor real do prejuízo econômico, a conta deve acabar pesando sobre o já endividado governo japonês. Seguradoras japonesas matem em conjunto uma resseguradora, a Companhia do Japão de Resseguros em Terremotos, que por sua vez é garantida pelo governo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GREVE VINDO AÍ
Monitoramento mostra que caminhoneiros já se mobilizam para nova paralisação
BONITO - MS - AÇÃO NECESSÁRIA
Em Bonito, Defesa Civil e SAS removem moradores em Águas do Miranda
BONITO E JARDIM - MS
Governo estabelece regras para aprovação de projetos no Rio da Prata em Jardim e Formoso Bonito (MS)
GERAL
PM do Estado por meio do BOPE lançará edital para 2° Curso de Especialização em Negociação Policial
POLÍCIA
Para mulher reatar, homem envia foto com facão e filha de 2 anos no colo em MS
POLÍTICA
Tribunal vai julgar habeas corpus de Temer na próxima quarta-feira
CULTURA
Fundação de Cultura inaugura ‘Espaço Jorapimo’ com obras inspiradas em Lídia Baís
JUSTIÇA
Plenário do STF mantém exigências para porte de arma por juízes
MEIO AMBIENTE
“Objetivo é proteger mananciais”, diz Reinaldo sobre Rio da Prata e Formoso
NIOAQUE - MS
Lançado em 2015, Nioaque tem seu Vale dos Dinossauros ainda quase intocável