AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 19 de Novembro de 2017
DELPHOS_FULL
25 de Maio de 2011 07h13

TJMS mantém matrícula de criança paraguaia em escola de Costa Rica

Midiamax

Os desembargadores da 1ª Turma Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) acataram, por unanimidade, a ação proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra a diretora de uma escola estadual que deixou de matricular uma criança na 2ª série do ensino fundamental com o argumento de que a estudante, nascida no Paraguai, filha de pais brasileiros e residente no Brasil desde os três anos de idade, não possuía certidão de nascimento brasileira.

O processo teve início na cidade de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, e corre desde fevereiro de 2010. Cabe recurso da escola.

De acordo com o relator do processo, Des. Sérgio Fernandes Martins, a sentença do juízo singular deve ser mantida pelos seus próprios fundamentos, sendo que “a ausência do mencionado documento não deve consistir em obstáculo ao acesso à educação que lhe é garantida pela Constituição Federal, porquanto trata-se de menor que atualmente conta com 7 anos de idade e que se encontra em fase de formação e desenvolvimento”.

Fernandes ainda fundamentou que o artigo 5º, caput, da Constituição Federal “garante o tratamento igualitário de todos perante a lei, inclusive a estrangeiros residentes no país, como é o caso dos autos, sem distinção de nenhuma natureza, não podendo a autoridade impetrada, também por esta razão, impedir a matrícula da menor impetrante em escola do Estado, pois referido ato fere direito líquido e certo à educação da criança”.

Comentários
Veja Também
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
Últimas Notícias
  
ANUNCIE AQUI
bonito_celular
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.