Menu
KAGIVA
segunda, 15 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

TJ/MS direcionou para o Bradesco licitação da folha, diz relatório do CNJ

28 Jun 2011 - 12h14Por Campo Grande News

Uma parte considerável do relatório produzido a partir da inspeção do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) feita na Justiça Estadual de Mato Grosso do Sul, no ano passado, diz respeito a problemas detectados nas licitações para compras de material, contratações de empresas e terceiração de serviços. O que mais chama atenção é em relação à folha de pagamento do Judiciário, “vendida” ao banco Bradesco. Para os responsáveis pela fiscalização, há indícios de a licitação foi direcionada.

O texto afirma que não há base plausível para o valor definido, de R$ 9,2 milhões, e que o banco, com certeza, tem muitos ganhos com a negociação, ao administrar uma folha de pagamento milionária, de servidores com bons salários.

O direcionamento da licitação, como consta do relatório, está claro no item exigindo que “a instituição Bancária colocará à disposição a sua Rede de Agência, inclusive Correspondentes Bancários/Banco Postal.”

O problema, conforme o relatório do CNJ, é que o Bradesco detém a exclusividade na prestação do serviço de Banco Postal. “Logo, tal exigência só poderia mesmo ser cumprida pela mencionada instituição bancária”.

“Isso nos leva crer que o TJMS não tratou com isonomia os diversos licitantes que retiraram o Edital da Concorrência, violando, a um só tempo, os princípios da igualdade entre os licitantes e o da seleção da proposta mais vantajosa para a Administração.”

Os indícios de irregularidades em licitações apontados pela Corregedoria de Justiça estão em várias áreas.

Por todos os lados - Falta de clareza nos contratos, criação de especificações técnicas em exagero em concorrências para obras e terceirizações que desrespeitam regras já ditadas pelo CNJ estão entre os casos apontados.

Um contrato citado é com uma empresa de limpeza, que, segundo o relatório, tem preço final maior do que o especificado.

Em todos os casos envolvendo licitações, o CNJ fez recomendações para que, daqui para frente, o TJ corrija as situações.

No caso da licitação da folha de pagamento com o Bradesco, a recomendação significa simplesmente cumprir o que determina a lei das licitações, ou seja, evitar o direcionamento.

O presidente do TJ, Luis Carlos Santini, informou por meio da assessoria que está avaliando o conteúdo do relatório.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - RIO MIRANDA
Em Bonito, Rio Miranda volta ao nível normal e Defesa Civil monitora as regiões mais afetadas
MUNDO DA TV
Com paralisia, Liminha segue internado e sem previsão de alta
ENTRETENIMENTO
Na reta final de “Sol”, Remy descobrirá que é tio da Karola
ANIMAIS COM VONTADE DE VIVER
Cachorro com câncer anda em balão, toma sorvete e acampa
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Caravana da Saúde salvou e continuará salvando vidas, diz Reinaldo Azambuja
VENDAVAL NO MS
Vendaval destelha barracão e danifica máquinas agrícolas em fazenda
OPORTUNIDADES NO MS
Concursos em MS oferecem mais de 1,9 mil vagas e salários até R$ 8,6 mil
ELEIÇÕES 2018 - ARTICULAÇÕES
Odilon Jr. visitou Puccinelli na prisão antes de apoio do MDB
BONITO - MS - NOVO SECRETÁRIO
Prefeito dá posse ao novo secretário de Meio Ambiente em Bonito (MS)
BONITO - MS - FERIADÃO MOVIMENTADO
Feriadão teve missa, romaria para Nossa Senhora e carreata 'BolsoRei' em Bonito (MS)