Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 18 de setembro de 2018
KAGIVA
Busca

Tesouro americano prepara plano de calote

28 Jul 2011 - 17h24Por Folha.com

O Tesouro dos Estados Unidos disse nesta quinta-feira que irá divulgar informações sobre como o governo vai determinar que contas pagará se o Congresso não chegar a um acordo para elevar o teto da dívida até 2 de agosto.

 O Departamento disse que irá divulgar nos próximos dias detalhes sobre quais pagamentos são prioritários sobre outros. E acrescentou que, na segunda-feira, um dia antes do prazo final, vai realizar normalmente seu leilão de títulos com vencimento em três e seis meses.

O leilão deve vender US$ 87 bilhões em títulos e dinheiro será usado para liquidar a maior parte dos títulos públicos que vencem em 4 de agosto, no total de US$ 100 bilhões. A operação, segundo o Tesouro, não vai estourar o limite da meta de endividamento.

O teto da dívida americana, de US$ 14,3 trilhões, foi alcançado em maio, mas o governo dos Estados Unidos tem usado manobras para garantir as operações. Mas para essas brechas se encerra na próxima terça-feira, quando o governo ficará sem caixa para pagar todas as contas e a dívida.

O presidente democrata Barack Obama e os congressistas republicanos estão em um impasse sobre o teto da dívida e os planos para reduzir o deficit público americano nos próximos 10 anos. As discussões estão sendo conduzidas concomitantemente.

Atualmente, o Tesouro americano precisa tomar emprestado US$ 125 bilhões para fechar as contas todos os meses. Isso além dos US$ 500 bilhões de dívidas que vencem e precisam ser refinanciadas no mesmo período.

OTIMISMO

A Casa Branca afirmou nesta quinta-feira que continua otimista quanto à possibilidade de alcançar um compromisso com os congressistas sobre o aumento do limite da dívida pública federal, com o objetivo de evitar que o país se declare em default (suspensão de pagamentos).

"Continuamos acreditando e estamos otimistas que o Congresso manterá a razão (...) e que alcançará um compromisso", afirmou o porta-voz Jay Carney aos jornalistas.

"Nosso objetivo primeiro é proteger a economia e proteger os americanos dos danos econômicos", disse. "Se todos tivermos esse objetivo em mente, o compromisso será fácil."

IMPASSE

Democratas e republicanos estão em um impasse sobre o limite do país da dívida. Sem um acordo até dia 2 de agosto, o governo dos EUA corre o risco de ficar inadimplente em algumas das suas obrigações relacionadas à dívida, porque deve ultrapassar o teto de US$ 14,3 trilhões.

Negociações entre o presidente americano, Barack Obama, e o líder da Casa dos Representantes (Câmara dos Deputados), o republicano John Boehner, ainda não conseguiram romper o impasse a respeito do tema.

Analistas afirmam que o calote da dívida americana poderia provocar um salto da taxa de juros nos EUA e potencialmente ameaçar a recuperação econômica mundial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA NO GABINETE
Prefeito recebe atletas que participaram dos JEMS e JOJUMS em Bonito (MS)
BONITO - MS - PARA LOCAÇÃO TAMBÉM
BONITO (MS): Chegou a mais nova sensação do momento à Virtual Play carrinho simulador montanha russa
AÇÕES CONTRA O TRÁFICO DE DROGAS
Jardim (MS) na lista do Gaeco em operação contra o tráfico de drogas, ao todo foram 25 em 4 cidades
BONITO - MS - MODERNIDADE NO TRÂNSITO
Semáforos começam ser instalados em Bonito (MS)
MEDULA ÓSSEA
MS tem 2° maior cadastro de doadores de medula
CRUELDADE - POLÍCIA
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
R$ 10 MILHÕES
Multa máxima à MSVia não ultrapassa 3,5% da receita anual
PREFEITURA EM MS - OPORTUNIDADES
Prefeitura abre concurso público com mais de 300 vagas e salários de até R$ 6 mil em MS
ELEIÇÕES 2018
TRE-MS recebe 108 denúncias de infrações no período eleitoral
ELEIÇÕES 2018 - CANDIDATO AO GOVERNO DO MS
MPF manda Polícia Federal investigar Odilon de Oliveira, denunciado por crimes na 3ª Vara Federal