Menu
ASSOMASUL MAIO 2019
tera, 25 de junho de 2019
Busca
ÁGUAS DE BONITO

TCE inicia auditoria no Aquário do Pantanal e disponibiliza informações pela internet

5 Set 2011 - 11h01Por TCEMS/RW

O Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul (TCE/MS) já iniciou a auditoria da obra do Aquário do Pantanal e disponibilizou em seu site na internet (www.tce.ms.gov.br) informações sobre a auditoria e imagens do estágio atual da obra, conforme portaria TC/MS nº17/2011 assinada no último dia 24/08 pelo conselheiro-presidente, Cícero Antonio de Souza. Essa é a primeira auditoria do programa especial de acompanhamento de obras, denominado “Obra em Fiscalização” que, entre outras inovações, permitirá à população acompanhar pela internet a evolução das obras públicas fiscalizadas pela Corte de Contas. Uma placa instalada no canteiro de obras identifica que o TCE/MS está fiscalizando o empreendimento.

De acordo com o relatório do TCE/MS, fisicamente foram executados 8% da obra e pelo cronograma financeiro foram desembolsados R$ 4.022.108,56, representando 4% do total previsto de R$ R$ 84,7 milhões a serem pagos até outubro de 2013, quando a obra deverá estar concluída. De acordo com o coordenador da auditoria, o analista de Controle Externo do TCE/MS, Domingos Sahib Neto, as informações serão periodicamente atualizadas, sempre que forem realizadas inspeções na obra, de forma que a população possa acompanhar o andamento do empreendimento. Segundo ele a fiscalização será mensal e está sendo feita com base em um manual técnico para padronizar procedimentos.

Para ter acesso às fotos e informações sobre a obra o interessado deve selecionar a opção “obra em fiscalização”, localizada no menu “serviços e consultas” do site do TCE/MS e escolher a opção “detalhes”. De acordo com o relatório da Assessoria de Engenharia, Arquitetura e Meio Ambiente, também disponível na página sob a forma de arquivo em PDF para download, no período de 25/04 a 10/07 foram realizadas três medições, totalizando obras realizadas no montante de R$ 4 milhões, pagos através das notas fiscais 138, 148 e 156.

O conselheiro Cícero de Souza explica que “o objetivo é acompanhar de perto e periodicamente a execução destas obras de forma a prevenir os erros, evitando danos ao erário público”. Segundo ele com isso o TCE está cumprindo com sua missão constitucional.

“Queremos garantir a transparência das ações do TCE/MS e permitir que a população acompanhe o andamento das obras de maior relevância em execução no Mato Grosso do Sul”, afirma. O presidente explicou que gradualmente outras obras de grande porte e relevância do governo do Estado, Municípios e Empresas Públicas, serão incluídas no projeto “Obra em Fiscalização”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO DA MÚSICA
Marilia Mendonça recorda foto de antes da fama com Cristiano Araújo: 'Saudade'
BODOQUENA - MS - SOLIDARIEDADE
BODOQUENA: Em fase difícil da vida, pedagoga desapega e doa cabelo para quem luta contra o câncer
EM CIDADE DO MS
Pilar de concreto que sustentava rede cai e mata menina de 4 anos em MS
NOVELA DA GLOBO
A Dona do Pedaço: Maria da Paz é humilhada por Vivi Guedes e Régis se aproveita de situação
EM MS
Bombeiros retiram Saveiro que caiu nas águas de rio em MS
OPORTUNIDADE NO MS
Concurso e processos seletivos oferecem 728 vagas no Estado do MS
BONITO - MS - PEDALADA DE SÃO PEDRO
Inscrições para 'pedalada' da 91ª Festa de São Pedro estão abertas em Bonito (MS)
BONITO - MS - EMPOSSADA
Prefeito dá posse a nova farmacêutica bioquímica concursada em Bonito (MS)
LUTO NO JORNALISMO
Após oito dias internada, aos 23 anos, jornalista de Campo Grande morre em São Paulo
CAMPO GRANDE - MS - LGBTQ
Boate dominada por lésbicas tem drink de 2 litros e criações como 'Sapatônica' em Campo Grande