Menu
mutantes
sbado, 16 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
UNIPAR_PC

TCE inicia auditoria no Aquário do Pantanal e disponibiliza informações pela internet

5 Set 2011 - 11h01Por TCEMS/RW

O Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul (TCE/MS) já iniciou a auditoria da obra do Aquário do Pantanal e disponibilizou em seu site na internet (www.tce.ms.gov.br) informações sobre a auditoria e imagens do estágio atual da obra, conforme portaria TC/MS nº17/2011 assinada no último dia 24/08 pelo conselheiro-presidente, Cícero Antonio de Souza. Essa é a primeira auditoria do programa especial de acompanhamento de obras, denominado “Obra em Fiscalização” que, entre outras inovações, permitirá à população acompanhar pela internet a evolução das obras públicas fiscalizadas pela Corte de Contas. Uma placa instalada no canteiro de obras identifica que o TCE/MS está fiscalizando o empreendimento.

De acordo com o relatório do TCE/MS, fisicamente foram executados 8% da obra e pelo cronograma financeiro foram desembolsados R$ 4.022.108,56, representando 4% do total previsto de R$ R$ 84,7 milhões a serem pagos até outubro de 2013, quando a obra deverá estar concluída. De acordo com o coordenador da auditoria, o analista de Controle Externo do TCE/MS, Domingos Sahib Neto, as informações serão periodicamente atualizadas, sempre que forem realizadas inspeções na obra, de forma que a população possa acompanhar o andamento do empreendimento. Segundo ele a fiscalização será mensal e está sendo feita com base em um manual técnico para padronizar procedimentos.

Para ter acesso às fotos e informações sobre a obra o interessado deve selecionar a opção “obra em fiscalização”, localizada no menu “serviços e consultas” do site do TCE/MS e escolher a opção “detalhes”. De acordo com o relatório da Assessoria de Engenharia, Arquitetura e Meio Ambiente, também disponível na página sob a forma de arquivo em PDF para download, no período de 25/04 a 10/07 foram realizadas três medições, totalizando obras realizadas no montante de R$ 4 milhões, pagos através das notas fiscais 138, 148 e 156.

O conselheiro Cícero de Souza explica que “o objetivo é acompanhar de perto e periodicamente a execução destas obras de forma a prevenir os erros, evitando danos ao erário público”. Segundo ele com isso o TCE está cumprindo com sua missão constitucional.

“Queremos garantir a transparência das ações do TCE/MS e permitir que a população acompanhe o andamento das obras de maior relevância em execução no Mato Grosso do Sul”, afirma. O presidente explicou que gradualmente outras obras de grande porte e relevância do governo do Estado, Municípios e Empresas Públicas, serão incluídas no projeto “Obra em Fiscalização”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - NOVO HORÁRIO
Com o fim do horário de verão Balneário tem novo horário de funcionamento em Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO
Meio Ambiente pede mais 10 policiais e 3 viaturas para PMA em Bonito (MS)
MARACAJU - SEGURANÇA
Em Maracaju, Operação Petra cumpre 18 mandados de busca e apreensão e prende três pessoas
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Na fronteira, Reinaldo entrega R$ 1,4 milhão em equipamentos agrícolas
POLÍCIA
Homem é preso em MS por estuprar crianças, filmar e divulgar vídeos
EMPREENDEDORISMO
Seleção oferecerá consultoria gratuita para 200 mulheres em MS
MEIO AMBIENTE
Em 15 dias, polícia ambiental capturou 8 cobras em residências de MS
POLÍCIA
Militares rodoviários são presos pelo Bope com dinheiro de propina em MS
GERAL
Campanha de fiscalização vai vistoriar quase dois mil veículos do sistema intermunicipal
BONITO - MS - VANDALISMO NO BALNEÁRIO
Balneário Municipal é alvo de vandalismo e prefeitura registra ocorrência em Bonito (MS)