Menu
KAGIVA
quarta, 18 de julho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Taxa do empréstimo pessoal sobe para 5,6% em abril, mostra Procon-SP

18 Mai 2011 - 17h41Por Agência Brasil

A Fundação Procon de São Paulo (Procon-SP) constatou, em pesquisa realizada nas tabelas dos sete maiores bancos do país, no último dia 4, que a taxa média do empréstimo pessoal em abril estava em 5,60% ao mês ou 0,33 ponto percentual acima dos 5,27% registrados no início de dezembro do ano passado.

O aumento é explicado pelo economista Carlos Eduardo de Freitas, do Conselho Regional de Economia do Distrito Federal (Corecon-DF), como “decorrência natural” do aumento de recolhimento do compulsório bancário, anunciado pelo Banco Central (BC) no início de dezembro, em uma operação que retirou R$ 61 bilhões do mercado.

Segundo ele, o aumento do compulsório teve impacto imediato na elevação dos custos dos empréstimos. Exemplo disso, de acordo com o Procon-SP, foi o ajuste da taxa média do empréstimo pessoal, que teve pequena redução em dezembro, em relação ao mês anterior, mas que subiu de 5,27% para 5,34% na pesquisa de janeiro deste ano e teve outras elevações nos meses seguintes.

De acordo Freitas, os ajustes posteriores também se explicam por medidas do governo como a adoção de exigências para desestimular o crédito de longo prazo, tais como a elevação de 1,5% para 3% da alíquota do Imposto de Operações Financeiras (IOF) para as pessoas físicas, no início de abril.

Além da taxa de empréstimo pessoal, que, pela referência anual está em 92,39% ao ano, a pesquisa verificou movimento ascendente também no cheque especial, que começou, no mês de maio, com taxa média de 9,47% ao mês ou 196,22% ao ano, retornando ao mesmo patamar do segundo trimestre de 2003.

O Procon-SP pesquisou os números do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal, do Bradesco, do Itaú, do Santander, do HSBC e do Safra. A taxa de empréstimo pessoal mais baixa, 4,95% ao mês, é a da Caixa. A mais alta encontrada pelo Procon-SP foi a do Itaú, 6,41%. No cheque especial, a Caixa também está com a menor taxa, 7,95%. Nesse item, a taxa mais alta registrada é a do Banco Safra, 12,30%.

Os índices encontrados na pesquisa do Procon-SP correspondem às taxas cobradas pelos bancos no final de abril. Números consolidados para todo o mês de abril, de todos os bancos do país, serão conhecidos no dia 30, quando o Departamento Econômico do Banco Central divulgar o Relatório de Política Monetária e Operações de Crédito do Sistema Financeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
TSE vai fiscalizar uso de dinheiro vivo nas eleições
SAÚDE
Pacientes do SUS vão receber notificações de consulta pelo celular
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
PMA autua fazendeiro em R$ 47 mil por desmatamento ilegal de cinco áreas nativas em Bonito
BONITO - MS - DETERMINAÇÃO DA JUSTIÇA
Justiça determina paralisação do loteamento Rio Mimoso em Bonito (MS)
BONITO - MS
Licença para poda ou retirada de árvores é obrigatória
BONITO - MS
Obras do Corpo de Bombeiros devem começar em setembro em Bonito
BONITO - MS
Confira a programação completa do Festival de Inverno de Bonito 2018
BONITO - MS
Agehab e prefeitura entregam Residencial Lago Azul/Etapa I em Bonito
PANTANAL
Cheia recua e parte do gado volta às áreas altas até o fim deste mês
EDUCAÇÃO
IFMS divulga resultado de seleção com 71 vagas para cursos de graduação