Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quarta, 23 de janeiro de 2019
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Supremo nega Habeas Corpus ao empresário Fahad Jamil

29 Jun 2011 - 07h40Por Campo Grande News

A 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) negou Habeas Corpus ao empresário Fahd Jamil, condenado a 12 anos de reclusão por evasão de divisas. Ele pedia a revogação da prisão preventiva.

O julgamento foi retomado hoje com o voto vista do ministro Luiz Fux. Ele acompanhou o relator pelo indeferimento do pedido.

Fux disse que os autos revelam indícios de que o empresário pretende se furtar à aplicação da lei penal. É porque o condenado, que morava em Ponta Porã (na região Sul do Estado, na fronteira com o Paraguai), fugiu do local do crime.

A presidente da Turma, ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, também acompanhou o relator.

Na sessão do dia 24 de maio, o relator do caso, ministro Ricardo Lewandowski, havia votado pelo indeferimento do pedido.

O voto divergente foi do ministro Marco Aurélio. Para ele, a evasão do distrito da culpa não pode levar à decretação automática da prisão preventiva.

Fahd Jamil está foragido desde 2005. Ele foi condenado em diversas ações penais por tráfico internacional de drogas, sonegação fiscal e evasão de divisas. O empresário brasileiro fez fortuna em Ponta Porã e Pedro Juan Caballero (Paraguai).

Ele é dono de fazendas e cassinos e oficialmente fez fortuna com o monopólio do fornecimento de cigarros brasileiros ao Paraguai, mas é apontado por agências de repressão ao narcotráfico do Brasil e do Paraguai como um dos homens mais poderosos no comércio de drogas, reagentes químicos para o refino de cocaína, armas, jogo ilegal e contrabando.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÂNSITO
Acidente entre dois carros na MS-276 deixa mulher presa nas ferragens
BRASIL
Cápsula com césio-137 é achada em ferro velho de Alagoas
GERAL
PVA 2019: pagamento à vista ou primeira parcela vencem dia 31 de janeiro
BONITO - MS
Obras inicia trabalhos de recuperação da estrada da La Lima
LOTERIA
Mega-Sena vai sortear R$ 38 milhões na noite desta quarta-feira
MEIO AMBIENTE
Mais quente do país, MS teve 45ºC de sensação térmica em duas cidades
POLÍCIA
Brasil e Paraguai cercam traficantes em nova rota
PRESIDÊNCIA DO SENADO
Sem acordo, Simone e Renan vão para o enfrentamento
CIDADES
Com licença ambiental, Estado prioriza reinício da obra da MS-228 no Pantanal
TEMPO E TEMPERATURA
Quarta-feira de tempo firme na maior parte do MS; umidade do ar em estado de atenção