Menu
mutantes
sbado, 23 de maro de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ÁGUAS DE BONITO

Sindicato pressiona por compra de gado do Paraguai e fala em 600 demissões

8 Jul 2011 - 15h49Por Campo Grande News

O início do período de entresafra da pecuária preocupa o sindicato dos trabalhadores em frigoríficos, que prevê a demissão de 600 trabalhadores em Mato Grosso do Sul.

A dificuldade de conseguir animais para abate já ameaça os empregos em Campo Grande, segundo a entidade.

A previsão é de que as demissões comecem já nas próximas semanas se a situação não se reverter, mas o sindicato não informa qual seria a empresa a demitir. A pressão é para que o governo estadual libere a importação de gado em pé do Paraguai, onde muitos fazendeiros brasileiros criam e engordam gado.

“O governo poderia estabelecer uma cota limitada de importação. Só mesmo para suprir a demanda nesse período”, defende o sindicato.

A entidade já procurou apoio na Assembléia e enviou ofício também aos senadores e deputados federais da bancada de Mato Grosso do Sul pela liberação da compra, mas com controle.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO E JARDIM - MS
Governo estabelece regras para aprovação de projetos no Rio da Prata em Jardim e Formoso Bonito (MS)
GERAL
PM do Estado por meio do BOPE lançará edital para 2° Curso de Especialização em Negociação Policial
POLÍCIA
Para mulher reatar, homem envia foto com facão e filha de 2 anos no colo em MS
POLÍTICA
Tribunal vai julgar habeas corpus de Temer na próxima quarta-feira
CULTURA
Fundação de Cultura inaugura ‘Espaço Jorapimo’ com obras inspiradas em Lídia Baís
JUSTIÇA
Plenário do STF mantém exigências para porte de arma por juízes
MEIO AMBIENTE
“Objetivo é proteger mananciais”, diz Reinaldo sobre Rio da Prata e Formoso
NIOAQUE - MS
Lançado em 2015, Nioaque tem seu Vale dos Dinossauros ainda quase intocável
POLÍCIA
Operação prende mãe e filho que comandavam tráfico de drogas em Jardim
ENTRETENIMENTO
Daniela Albuquerque releva ter comido “galinha de encruzilhada” em Dourados