Menu
KAGIVA
quinta, 16 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Senadores apresentam manifesto para que Brasília realize a abertura da Copa

5 Set 2011 - 13h47Por Agênca Brasil

Um grupo formado por 44 senadores apresentou na sexta-feira (2), no plenário da Casa, um manifesto em apoio à candidatura de Brasília para sediar a abertura da Copa do Mundo de 2014. Autor da iniciativa, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) disse que a capital do país representa todos os brasileiros e ainda reúne as melhores condições de infraestrutura para sediar o evento.

“Brasília nos une. Une Norte, Sul, Leste e Oeste. Une o Amapá ao Rio Grande do Sul, a Paraíba ao Rio de Janeiro e, por isso, essa manifestação que iniciei ganhou rapidamente esse ensaio, uma manifestação de carinho de vários senadores”, discursou Rêgo. “Então, são esses homens e mulheres que construíram essa cidade, que amaram há 51 anos esta cidade e que vieram para cá e, agora, têm gerações enraizadas no solo candango, que merecem essa homenagem”, acrescentou.

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, que acompanhou do plenário a sessão de hoje do Senado, disse que todo o país vai se sentir representado caso a Federação Internacional de Futebol (Fifa) escolha Brasília como sede da abertura da Copa de 2014. “É importante que, em um evento desta magnitude, toda a população brasileira sinta-se representada. Nada melhor que fazer a abertura, que é uma grande recepção, aqui em Brasília”, disse.

Brasília concorre com São Paulo pelo direito de sediar a abertura do Mundial. A decisão será anunciada pela Fifa, no mês que vem. Agnelo reconheceu que, atualmente, Brasília apresenta problemas em sua infraestrutura, principalmente na área de transportes urbanos. No entanto, o governador prometeu entregar todas as obras a tempo para a abertura do Mundial.

“A maior virtude do Distrito Federal e de Brasília é a infraestrutura. Em estacionamento, oferecemos o dobro do que a Fifa solicita e estamos fazendo uma reforma no Aeroporto de Brasília, que vai aumentar [a capacidade] em 10 milhões de passageiros por ano, colocando o nosso aeroporto em outro patamar. Na Copa, o Distrito Federal será outro no transporte urbano. Hoje, praticamente não existe e é de péssima qualidade, mas será transformado em um transporte digno, correto, de vias exclusivas, que é sinônimo de dignidade”, prometeu

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Com fim da hegemonia da TV, internet pode ser decisiva nestas eleições
POLÍTICA
TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro
BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais