Menu
mutantes
sbado, 23 de fevereiro de 2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Seis meses após a eleição, TSE autoriza candidatura de ex-deputado de MS

2 Abr 2011 - 16h38Por Campo Grande News

Motivado pela decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de que a Lei da Ficha Limpa só deverá ser aplicada às eleições de 2012, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) deferiu os registros de oito candidatos que concorreriam à eleição de outubro de 2010.

Dois deles são de Mato Grosso do Sul: José Tomaz da Silva e o ex-deputado estadual Luizinho Tenório tiveram os registros de candidatura negados pelo TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral). Eles pretendiam disputar vagas na Assembleia Legislativa.

A decisão do TSE foi divulgada ontem no site do TSE, quase seis meses após a eleição.

Na semana passada, os ministros do Supremo decidiram por 6 x 5 que a Ficha Limpa não deveria ser aplicada às eleições de 2010, por contrariar o princípio da anualidade ou anterioridade da Constituição. O voto decisivo foi do ministro Luiz Fux.

Em decisão preliminar, os ministros já haviam concordado que o julgamento, sobre a inaplicabilidade da lei para 2010, teria repercussão geral, se aplicando a todos os demais recursos que versam sobre a lei.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Morador em MS morre após pneu de caminhão que o mesmo estava calibrando estourar
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Polícia Militar de BONITO prende traficante com mais de 10kg de maconha
POLÍCIA
Três vão presos e caminhonete lotada de maconha é apreendida na MS-060
GERAL
Transição torna aposentadoria pelo teto do INSS quase inacessível
BONITO - MS - FURTO DE MUDAS DA CICLOVIA
Prefeitura pede colaboração da população para evitar o furto de mudas na ciclovia em Bonito (MS)
POLÍCIA
Indígena é assassinada pelo ex-marido em MS
MUDANÇA
Cota zero começa a valer em 2020 nos rios de Mato Grosso do Sul
CIDADES
Carregado com bovinos, caminhão tomba e animais ficam soltos em via
PRODUTIVIDADE
Maior exportador de tilápia do País, MS eleva produção
EMPREGOS E CONCURSOS
Secretária de Educação aprova e reconhece novos cursos técnicos em 10 cidades de MS