Menu
KAGIVA
segunda, 21 de janeiro de 2019
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC
PARCELA DE R$ 1.677,74

Seguro-desemprego é reajustado em 2,07%, aumento de R$ 34,02

12 Jan 2018 - 07h57Por DA REDAÇÃO

Entrou em vigor ontem (11), os trabalhadores demitidos há até cinco meses e que ganhavam mais de um salário mínimo receberão mais dinheiro do seguro-desemprego. O valor do benefício superior ao mínimo foi reajustado em 2,07%, equivalente à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano passado.

Com o aumento, o teto mensal do benefício subirá de R$ 1.643,72 para R$ 1.677,74, diferença de R$ 34,02. O piso do seguro-desemprego equivale a um salário mínimo, que passou de R$ 937 para R$ 954 em 1º de janeiro, alta de 1,81%.

Para quem recebia mais que o mínimo, o valor do seguro-desemprego é calculado com base em três faixas salariais. O segurado demitido que ganhava até R$ 1.480,25 recebe 80% do salário médio limitado ao salário mínimo. De 1.480,26 a R$ 2.467,33, o valor equivale a R$ 1.184,20 mais 50% do que exceder R$ 1.480,25. Quem ganhava mais que R$ 2.467,33 recebe o teto de R$ 1.677,74.

Pago aos trabalhadores dispensados sem justa causa com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), o seguro-desemprego é calculado sobre a média do salário dos três meses anteriores à demissão. Se o empregado tiver sido demitido antes desse período, o benefício é definido com base na média de dois meses ou um mês.

O pagamento é limitado a três, quatro ou cinco parcelas, dependendo do período trabalhado antes da demissão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONCURSOS E EMPREGOS
Três processos seletivos encerram inscrições nesta sexta-feira e têm salários de até R$ 4,6 mil
GERAL
Governo de MS nomeia comissionados e define diretor da Agesul e secretário especial
GERAL
Deficientes físicos têm direito a desconto na compra do veículo e no pagamento do tributo
EMPREGOS E CONCURSOS
SED abre processo seletivo com 99 vagas para assistente educacional com salário de R$ 1,3 mil
GERAL
Futuro dos aprovados em concurso da Polícia Civil ainda está indefinido
LEVANTAMENTO
Em um ano, dobra emissão de porte de arma em Mato Grosso do Sul
FICA A DICA
Na próxima temporada de pesca, multa mínima para quem capturar o dourado será de R$ 2,7 mil
EMPREGOS E CONCURSOS
Inscrições de 2 concursos para o interior de MS se encerram na sexta
TEMPO E TEMPERATURA
Meteorologia prevê chuva em pontos isolados nesta quarta-feira
GERAL
Corregedoria do CNMP vem a MS fiscalizar atuação do Ministério Público