Menu
ASSOMASUL MARÇO
quarta, 24 de abril de 2019
mutantes
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
BONITO - MS - INVESTIMENTOS DE R$ 5,54 MILHÕE

Secretaria de Aviação Civil autoriza licitação para melhorias no Aeroporto de Bonito (MS)

Secretaria de Aviação Civil autoriza licitação para melhorias no Aeroporto de Bonito (MS)

15 Abr 2019 - 19h24Por Correio do Estado

A Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura autorizou o Governo de Mato Grosso do Sul a realizar o processo licitatório para contratação dos serviços de aquisição e implantação do Indicador de Percurso de Aproximação de Precisão (Papi) para o Aeroporto de Bonito. O valor autorizado para licitação é de R$ 1 milhão.

O Papi é um sistema de auxílio visual à navegação aérea, que tem por objetivo informar os pilotos sobre a altitude ideal da aeronave na fase de aproximação para pouso.

O equipamento é constituído por quatro aparelhos de iluminação, que são instalados na cabeceira da pista de pouso e decolagem. Além disso, o Papi reforça o nível de segurança às operações. Em cada uma das quatro caixas, há um sistema óptico de luzes que alternam entre o branco e o vermelho. De acordo com o ângulo de aproximação do avião, as luzes podem variar.

Segundo o secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, esse é mais um investimento autorizado pelo ministério ao aeroporto, que vai dar mais segurança à operação e aos passageiros. “Para Bonito, já autorizamos as obras na pista e agora a compra do Papi. Em seguida, vamos ampliar a Seção Contraincêndio e concluir a entrega desse aeroporto regional à população. Isso vai potencializar a economia e o turismo na região”, disse.

INVESTIMENTOS

Em novembro de 2018, a SAC autorizou a Ordem de Serviço para a execução de obras e serviços de recapeamento da pista de pouso e decolagem, da pista de taxiamento e do pátio de aeronaves, totalizando R$ 4,04 milhões. O Convênio também prevê a reforma e ampliação da Seção Contraincêndio.

Ao todo, serão investidos R$ 5,54 milhões para melhoria da infraestrutura do aeroporto, sendo 70% dos recursos provenientes da União e 30% do Estado. O processo faz parte do Convênio firmado entre o ministério e o Estado, em 2016.

O projeto para reforma e ampliação da Seção Contraincêndio do aeroporto se encontra em fase de ajustes pelo Governo de Mato Grosso do Sul. Sendo assim, a autorização para licitação será emitida futuramente pela SAC, tão logo o projeto seja aceito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MIRANDA - NOVAS ELEIÇÕES
TRE/MS volta atrás e diz que população escolherá em novas eleições o novo prefeito de Miranda
CIDADES
Dias Toffoli chama para conciliação com indígenas e revolta sitiantes
POLÍTICA
Deputado quer proibir sátira de imagens cristãs em manifestações de MS
COTIDIANO
Amigos lamentam falecimento de Rubens Catenacci, referência na pecuária brasileira
TURISMO
Boletim comparativo de alta temporada do ObservaturMS mostra crescimento no fluxo turístico
GERAL
MPT investiga demissão de funcionários da Mabel sem aviso prévio em MS
EDUCAÇÃO
Governo de MS divulga inscrições para Vale Universidade Indígena
MEIO AMBIENTE
Desmatamento prossegue em Rio Verde, mas com nova faixa de preservação
POLÍCIA
Traficante foge e abandona picape com mais de 800 kg de maconha
POLÍTICA
Prefeita de Miranda continua no comando até ser notificada de cassação