Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 19 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

SBPC quer Comissão de Ciência no debate sobre Código Florestal

12 Jul 2011 - 16h28Por Folha.com

O Senado deve decidir nesta terça-feira se vai incluir a Comissão de Ciência da casa na discussão sobre o novo Código Florestal. Por enquanto, estão confirmadas as comissões de Agricultura e de Meio Ambiente e de Defesa do Consumidor no debate.

"Não é por falta de pedido. Estamos mandando uma série de cartas para o Senado pedindo a inclusão de cientistas e estamos sendo ignorados", disse a presidente da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), Helena Nader, durante a reunião anual da entidade, em Goiânia.

De acordo com Nader, a participação da Comissão de Ciência é fundamental para que seja atingido um "equilíbrio" nas discussões.

"A ciência não tem mote e nem viés político, como as comissões de Agricultura e de Meio Ambiente", disse.

NOVO DOCUMENTO

A SBPC e a ABC (Academia Brasileira de Ciências) divulgaram na última sexta-feira (8) mais um documento enfatizando a necessidade de participação de cientistas na discussão na nova legislação sobre manejo de florestal, que tramita no Senado desde final de maio.

"Não incluir a Comissão de Ciência na análise da reforma do Código Florestal seria fechar os olhos aos avanços científicos e tecnológicos que o país tem conquistado e, ainda desconsiderar a importância desses avanços para o desenvolvimento sustentável", descreve o documento.

O cientista florestal José Antonio Aleixo, da UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco), coordenador do grupo de trabalho da SBPC sobre o assunto e um dos autores do documento, lembrou que dados científicos estão sendo ignorados pelos políticos por falta de participação de especialistas no debate.

"Outro dia ouvi dizerem que o Rio Grande do Sul ficará sem videiras se não liberarem o plantio em topos de morros [acima de 1.800 metros]. Só que a área mais alta da serra gaúcha tem 1.400 metros", destacou Aleixo.

PLANO 'B'

Caso a Comissão de Ciência do Senado fique de fora da discussão, existe a possibilidade de que cientistas sejam convidados para o debate via Comissão de Ambiente da casa. A proposta teria sido levantada pelo senador Jorge Viana (PT-AC).

"Isso é uma alternativa a se considerar. Mas o que queremos mesmo é que a Comissão de Ciência entre na discussão", enfatizou Nader.

A chefe da SBPC contou que chegou até a pedir ao deputado Sarney Filho (PV-MA) que "conversasse com o pai", o senador José Sarney, para que os cientistas fossem ouvidos. "Mas não deu em nada. Não sei o que está acontecendo com a família Sarney."

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADES NO MS
Governo de MS tem quatro concursos com 2,3 mil cargos ainda em 2018
NOVA FRENTE FRIA - VEJA A PREVISÃO
Nova frente fria chega a Mato Grosso do Sul e mínima será de 6ºC
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'