Menu
KAGIVA
tera, 16 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
Bonito - Mãe Gestante

SAS encerra Serviço de Convivência e Fortalecimento direcionado à crianças

O serviço atende menores com até 6 anos e suas famílias e funciona como ação complementar ao PAIF.

14 Dez 2011 - 15h28Por Luciana Garcia/Assessoria

Nesta sexta-feira (9) a SAS, Secretaria de Assistência Social, promoveu o encerramento das atividades de 2011 do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Crianças. O serviço atende menores com até 6 anos  e suas famílias  e funciona como ação complementar ao PAIF.

O evento foi realizado no CRAS da Vila Marambaia com a presença do prefeito José Arthur Figueiredo, do vereador Pedro Rosário e dasecretária de Assistência Social, Izabel Aivi de Figueiredo.

As famílias que são atendidas pelo Serviço receberam enxoval para bebê, além de outros prêmios e cada criança (com até 6 anos) levou para casa seu presente de Natal.

Segundo a secretária Izabel Figueiredo, o maior objetivo do programa, iniciado em 2005, é atender e proteger à família.

 “Executar ações voltadas para a família, como o Programa Mãe Gestante é uma das 15 metas que consta no plano de governo da Administração. Esse trabalho tem como foco o desenvolvimento de atividades com crianças, seus familiares e a comunidade, através dos quais nós podemos fortalecer vínculos, prevenindo possíveis situações de risco ou de exclusão, e em especial, de violência doméstica e trabalho infantil”, disse Izabel.

Para o vereador Pedro Rosário, a atuação da equipe do Centro de Referência da Assistência Social junto a essas famílias tem servido para minimizar muitas de suas dificuldades.    

O Prefeito José Arthur também destacou a família como ponto chave para as ações da Assistência Social em Bonito. Ele também lembrou que no caso das mães inscritas no Programa Bolsa Família, o cumprimento das condicionalidade deve ser considerado como prioritário.

“Nós temos um compromisso com a família em Bonito. Por isso, ampliamos a estrutura e a organização necessários ao desenvolvimento dos serviços de proteção básica e especial executados pela Assistência Social. O programa Bolsa Família, por exemplo, dobrou a capacidade de atendimento graças ao aumento da equipe técnica de acompanhamento. E se houve melhoria na prestação do serviço, é preciso que haja também cuidado redobrado da pessoa atendida com o cumprimento das condicionalidades exigidas pelo Governo Federal, para que a cada ano, se necessário, mais famílias possam ser incluídas”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE
Bolsonaro lidera em 4 regiões; Haddad está na frente no Nordeste, VEJA OS GRÁFICOS
LUTO NA TV
Aos 78 anos, morre o jornalista Gil Gomes
TRAGÉDIA
Menina de 2 anos é atropelada na garagem de casa quando mãe dava ré no carro, em Campo Grande
APOIO À REINADO AZAMBUJA
Deputado do MDB reúne prefeitos, vereadores e lideranças de MS em apoio à Reinaldo Azambuja
BONITO - MS
Conhecimento e muita diversão marcaram o 7° Acampamento do Instituto Mirim Ambiental de Bonito
DESAPARECEU
Servidora pública com depressão desaparece e preocupa família
PESQUISA IBOPE PARA PRESIDENTE
IBOPE: Para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
BONITO - MS - RIO MIRANDA
Em Bonito, Rio Miranda volta ao nível normal e Defesa Civil monitora as regiões mais afetadas
MUNDO DA TV
Com paralisia, Liminha segue internado e sem previsão de alta
ENTRETENIMENTO
Na reta final de “Sol”, Remy descobrirá que é tio da Karola