Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
quarta, 20 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Salário variável é adotado por 63% das empresas, diz pesquisa

12 Set 2011 - 09h47Por Jornal do Brasil

Cerca de 63% das empresas que atuam no mercado de trabalho brasileiro utilizam-se da remuneração variável - que é ligada ao desempenho profissional - para reterem profissionais competentes e se tornarem mais atraentes e competitivas no mercado, afirmou uma pesquisa divulgada pela consultoria Hays nesta sexta-feira.

De acordo com a consultoria, quando comparada com outros países do mundo, 92,6% das empresas brasileiras concedem benefícios como seguro de vida, telefone celular e carro da empresa. Na Itália, 90,4% das empresas oferecem esses benefícios, já em Portugal o percentual é de 85,4%. Na Espanha 69,2% das companhias disponibilizam benefícios ao seus colaboradores.

Além disso, o estudo afirmou que caso recebessem uma oferta interessante e desafiadora, nove em cada dez brasileiros trabalhariam em outras cidades do País. A busca pelo desenvolvimento profissional e pessoal foi apontado por 70,5% das pessoas, que tem o interesse de mudar de emprego em um curto período de tempo como o principal motivo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança