Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 18 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Rússia quer levar turistas ao espaço a partir de 2014

16 Ago 2011 - 12h00Por Agência EFE

A empresa espacial russa Energia, fabricante das cápsulas Soyuz, anunciou nesta segunda-feira que está construindo uma nova nave tripulada para enviar turistas para a órbita da Lua a partir de 2014. "A construção está em fase inicial", afirmou Vitali Lopotá, presidente e engenheiro-chefe da Energia, à agência de notícias russa Interfax. Lopotá destacou que as novas naves estarão especialmente equipadas para a realização de programas comerciais com tripulantes não profissionais.

A Energia já negocia o orçamento do projeto, o número de turistas que viajarão em cada voo e o preço que terão de pagar para fazer parte da odisseia espacial. A nova espaçonave será uma versão atualizada das cápsulas Soyuz para receber o novo tipo de tripulante. A futura cápsula fará dois tipos de viagem: à Lua e à Estação Espacial Internacional. De acordo com a Energia, se a jornada turística for uma viagem de ida e volta ao satélite natural, o voo pode se estender por oito ou nove dias. Caso inclua uma visita à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), deve durar até três semanas.

Celebridades - No começo do ano, a companhia Space Adventures (SA), organizadora de voos espaciais turísticos, anunciou a venda de uma passagem na nova Soyuz para uma celebridade por 150 milhões de dólares, mas não divulgou o nome. A ISS já abriu suas portas para sete turistas espaciais: o americano Dennis Tito (2001) foi o primeiro a viajar à plataforma, seguido pelo sul-africano Mark Shuttleworth (2002) e pelo americano Gregory Olsen (2005).

A americana de origem iraniana Anousha Ansari foi a primeira turista mulher a viajar para a estação em 2006, seguida do americano de origem húngara Charles Simonyi (2007) e de Richard Garriott, filho do ex-astronauta americano Owen Garriott. Charles Simonyi foi o único turista a repetir a experiência em março de 2009, enquanto o fundador do Cirque du Soleil, o canadense Guy Laliberté, foi o último amador a visitar a ISS em outubro do mesmo ano. De lá, dirigiu um espetáculo transmitido aos cinco continentes para alertar o mundo sobre o problema da escassez de água.

A Rússia recorreu ao turismo espacial no início dos anos 2000 devido à grave crise de financiamento que afetou seu programa especial após a queda da União Soviética, a primeira potência a enviar um homem ao espaço em abril de 1961. Em 2009, o país decidiu suspender as visitas devido à falta de espaço, uma vez que a tripulação da ISS duplicou para até seis tripulantes, e à decisão dos Estados Unidos de interromper os voos de suas naves.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GOVERNO DO ESTADO DO MS
Governo paga nesta terça-feira R$ 500 milhões em 13º para servidores
DEUS SALVOU BEBÊ E FAMÍLIA
Em MS, Carro capota e duas pessoas ficam feridas na BR-262; cadeirinha salva bebê
PREPAREM O TERERÉ
Semana seguirá de calor intenso e com pouca chuva no MS
13º CHEGANDO
Governo de MS confirma pagamento do 13º salário nesta terça-feira
BONITO - MS - TENTATIVA DE SUICÍDIO
Jovem sobe em torre de telefonia para tentar suicídio, PM resgata antes em Bonito (MS)
CIDADES
Motorista com destino a SP perde controle da direção e tomba carreta carregada de celulose na BR-158
CIDADES
Na saída de boate, mulher aponta arma na cabeça de vítima e foge após roubar pertences em MS
MEIO AMBIENTE
Fique atento! Certas árvores podem oferecer riscos para pessoas e animais
OPORTUNIDADES
MS tem 5 concursos abertos e salários de até R$ 9,4 mil nesta semana
GERAL
Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus