Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quarta, 15 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Rei saudita anula sentença de mulher condenada a chibatadas por dirigir

28 Set 2011 - 16h14Por DA FRANCE PRESSE, EM RIAD

O rei Abdullah da Arábia Saudita anulou nesta quarta-feira a sentença contra uma mulher condenada a dez chibatadas por dirigir um automóvel, violando a lei que proíbe as mulheres de dirigir, anunciou uma princesa saudita.

"Graças a Deus a flagelação de Sheima foi anulada. Graças a nosso amado rei", anunciou em sua conta do Twitter a princesa Amira Tawil, mulher do sobrinho do rei e homem de negócios Walid ben Talal.

A anulação da condenação foi confirmada por uma fonte em Riad.

Sheima Jastaniah foi condenada na segunda-feira (26) por um tribunal de Yeda, cidade onde havia sido detida em julho quando dirigia um carro, segundo anunciou na terça-feira uma militante de defesa dos direitos humanos.

Segundo ela, Sheima Jastaniah "não quis falar aos meios de comunicação sobre seu processo (...) e estamos impressionados" de que tenha sido condenada a dez chibatadas.

A condenação ocorreu um dia depois do anúncio histórico feito pelo rei Abdullah, que deu às mulheres o direito ao voto e à candidatura nas eleições municipais e para sua entrada ao Majlis al-Shura, conselho consultivo cujos membros são nomeados.

A Anistia Internacional condenou a sentença, ao afirmar que mostrava a "magnitude das discriminações contra as mulheres".

De acordo com a rede britânica BBC, nos últimos meses, diversas sauditas apareceram dirigindo pelas ruas do país, em uma tentativa de pressionar a monarquia a mudar a regra, ainda sem sucesso.

Duas outras mulheres devem comparecer à corte ainda neste ano por dirigirem.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais
SAÚDE
CFM lança código de ética para estudantes de medicina
ECONOMIA
Empresários brasileiros buscam ampliar parcerias com o Paraguai
EDUCAÇÃO
Resolução libera curso Técnico de Hospedagem em polo de escola no interior do Estado
CULTURA
Publicado edital de seleção para artesãos participarem do Salão do Artesanato em São Paulo
BONITO - MS - PODAS ORNAMENTAIS
Empresas credenciadas poderão realizar podas ornamentais em Bonito (MS)