Menu
KAGIVA
segunda, 22 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Regulamentação das lan houses determina identificação dos seus usuários

20 Abr 2011 - 13h17Por Agência Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou hoje o projeto de lei que regulamenta o funcionamento das lan houses, que pelo projeto passarão a ser denominadas de centro de inclusão digital. Na votação das emendas, os deputados aprovaram dispositivo para determinar o registro do nome e da identidade do usuário das lan houses.

O relator do projeto, deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), informou que a proposta determina que esses estabelecimentos devem ser considerados espaços de “especial interesse social” para fins de universalização do acesso à internet no Brasil. Segundo ele, o projeto também abre a possibilidade de as administrações públicas firmarem parcerias com as lan houses para fins educacionais.

De acordo o deputado, os dados da Associação Brasileira de Centros de Inclusão Digital mostram que existem no Brasil cerca de 108 mil lan houses e que elas respondem pelo acesso de 32 milhões de brasileiros, além de permitirem que cerca de 64 % dos desempregados acessem a internet.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMPREGOS
MS tem mais de 2 mil vagas em concursos e salários de até R$ 11 mil
CIDADES
Discussão por xenofobia termina com baiano esfaqueado em MS
CINEMA
Com crítica política, animação brasileira é destaque em festival
GERAL
Para presidente da CBL, falta de leitura favorece notícias falsas
EDUCAÇÃO
Inscritos no Enem podem checar local de provas a partir de hoje
BONITO - MS - APROVADO NA CÂMARA
Câmara aprova projeto de proibição da taxa de religação de água pela Sanesul em Bonito (MS)
NOVELA DA GLOBO
Segundo Sol: Por Karola, Deborah Secco passa a tesoura no cabelão; veja o novo visual
MUNDO DA TV
Fábio Porchat pede demissão da Record
A FAZENDA 10 - ENTRETENIMENTO
A Fazenda 10: Rafael Ilha fala sobre uso de drogas e desabafa sobre 33 internações e as 9 overdoses
NOVELA DA GLOBO - SEGUNDO SOL
Segundo Sol: Karola e Remy se juntam, e impedem Laureta de matar Beto Falcão