Menu
KAGIVA
quarta, 19 de setembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Receita garante segurança na transmissão do IR pela Internet

2 Abr 2011 - 16h16Por Agência Brasil

Com o fim das declarações de papel, a Receita Federal avalia que haverá mais segurança para os contribuintes na hora de enviar as informações e menos erro. Segundo o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, o índice de segurança na operação entre o computador do contribuinte e os computadores da Receita chega a 100%.

“A declaração, que chega à Receita pela internet, é 100% segura, pois ninguém tem acesso. Não é manipulada”, afirmou. Ele destaca que as declarações de papel, que não serão mais aceitas a partir deste ano, terminavam facilitando o acesso aos dados dos contribuintes por outras pessoas. O risco começava na entrega e ia até o processamento na própria Receita Federal, quando funcionários precisavam transcrever a declaração para os programas de computador do órgão.

Adir lembra também que a transcrição aumentava o risco de erros. “O risco começava na entrega e ia até a manipulação da declaração para transcrever. Mas essa forma [internet] não tem interferência nenhuma e é muito mais segura”, disse Adir.

O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoas Física termina no dia 29 de abril. O programa gerador da declaração do imposto está disponível na internet no site da Receita Federal e pode ser instalado em praticamente todos os computadores. Depois de preenchida, a declaração deve ser enviada à Receita por meio de outro aplicativo, conhecido como Receitanet, disponível no site.

Os dados enviados do computador do contribuinte seguem criptografados aos computadores da Receita, onde são armazenados para o processamento, que deve ser iniciado em maio.

No processamento, diversas informações de outras fontes, como administradoras de cartão de crédito, prestadoras de serviços médicos ou de saúde ou da empresa onde o contribuinte é empregado, por exemplo, são cruzadas para verificar se houve sonegação, se os dados estão corretos ou se houve omissão. Se não houver problema, a declaração é liberada. Do contrário, fica retida na malha fina.

As liberadas obedecem à forma como foram apresentadas. As que vão pela internet têm prioridade. Na sequência, vêm os disquetes entregues à Caixa Econômica Federal ou ao Banco do Brasil. Os idosos continuam recebendo prioritariamente as restituições, conforme determina o Estatuto do Idoso, obedecendo, entre eles, também à ordem de como fizeram a entrega da declaração.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO
9º MATURISHOW será de 20 a 23 de setembro em Bonito
DOURADOS - DESUMANIDADE
Após acidente, pessoas ignoram vítima fatal e roubam carga de abacaxi em Dourados
BABADO DOS FAMOSOS
Anitta recebe ameaças ao seguir amiga nas redes sociais que vota em Jair Bolsonaro
BONITO - MS - FOTOS SESSÃO DA CÂMARA
Confira as fotos da sessão da Câmara desta terça-feira em Bonito (MS)
SEGUNDO O IBGE
Falhas no saneamento causam surtos de doenças em 26 cidades de MS
GOVERNO DO ESTADO DO MS
Governo de MS abrirá 10 concursos públicos para PM e Bombeiro
CIDADES
Fotógrafo que perdeu voo por atraso guarda registros há 44 anos da maior tragédia aérea de MS
TECNOLOGIA
Instagram lança botão para compras de usuários pelo stories da rede social
POLÍTICA
Com renúncias e mudanças, disputa eleitoral em MS envolve 509 candidatos
CIDADES
Polícia prende quadrilha que roubava caminhões e levava para o Paraguai