Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sbado, 19 de janeiro de 2019
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Queimadas no Brasil aumentaram 85% em 2010, informa Inpe

20 Jun 2011 - 11h46Por Folha.com

Os incêndios no Brasil aumentaram 85% entre 2009 e 2010, comparando o período entre 1º de janeiro e 12 de agosto, informa o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Grandes incêndios florestais atingem Mato Grosso e Tocantins

Procuradoria pede fim das queimadas autorizadas de cana-de-açúcar no interior de SP

Em 2010, aconteceram neste período 25.999 focos de incêndio. Foram 14.019 em 2009.

Os Estados com mais queimadas foram Mato Grosso, com 6.693; Tocantins, com 4.210; Pará, com 2.526; e Bahia, com 2020. O Mato Grosso teve aumento neste ano de 91% nos incêndios.

Os dados são baseados no satélite de referência utilizado pelo instituto, o NOAA-15. Vários satélites estão à disposição do Inpe, mas este foi escolhido pelo órgão por critérios de precisão, estabilidade, sensor e possibilidade de continuidade.

O satélite americano também mede as ocorrências de incêndios em outros países sul-americanos.

Os campeões de queimadas depois do Brasil foram o Paraguai, com 3.592; a Bolívia, com 2.316; e a Argentina, com 1.216 focos de incêndio em 2010. Nestes três vizinhos, o maior aumento foi na Bolívia, com 53% sobre 2009.

MUNICÍPIOS

Na sexta-feira, 13 de junho, o Inpe detectou 5.183 focos de incêndio em todo o Brasil. Mas sua assessoria de comunicação avisa que os dados diários são mais imprecisos, e o relatório anual faz a consolidação.

O tempo seco e a baixa umidade do ar têm prejudicado alguns municípios com números alarmantes de focos de incêndios. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) recomenda atenção por parte dos gestores para esses casos.

Segundo o meteorologista Manoel Rangel, do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a chegada de uma nova frente fria ao país, neste final de semana, não deve alterar a situação. "Não temos previsão de mudanças significativas na atual condição ao menos até a segunda quinzena de setembro. E as pancadas de chuva provavelmente só serão vistas no mês de outubro", disse.

Segundo ele, não há anormalidade na situação climática vivida pelos moradores da região. No início da semana, Palmas (TO), registrou umidade de deserto, 11%.

Em Marcelândia (MT), 112 casas e 17 industrias madeireiras foram totalmente destruídas por incêndios e outros 12 prejudicadas. Os prejuízos podem chegar a R$ 10 milhões.

Somente nos últimos dois dias, 83 focos ocorreram na região. Segundo relatos do prefeito Adalberto Diamante, a preocupação é para não deixar o vento espalhar os novos focos de incêndio. "O fogo já está contido. Recebemos apoio do governo estadual e estão aqui a defesa civil e os bombeiros", assegurou à associação.

Ao todo, 300 famílias foram diretamente afetas pelo incidente. Mais de 1.200 pessoas foram atendidas em hospitais do Município. "Elas apresentavam intoxicação por causa da fumaça, algumas estavam muito nervosas e passaram mal e outras com queimaduras leves. Nada muito grave", tranqüilizou.

Não houve vítima fatal, mas a população usa máscaras para evitar a intoxicação. O prefeito afirmou que serão construídas 150 novas casas para a população desabrigada.

Em outro Município, a seca causa também dificuldades no abastecimento de água. São Félix do Xingu (PA), por exemplo, trabalha com dois caminhões-pipa para levar água para 12 mil moradores. "Em 30 anos aqui no Pará, esta é a seca mais extensa que vi. São mais de 70 dias sem chuva", alertou o prefeito Antônio da Silva.

O gestor confirma os dados do Inpe de que em São Félix do Xingu, nos últimos dois dias, houve 1.163 focos de queimada. "Aqui a situação está incontrolável. Nossa secretaria de meio ambiente não tem mais como controlar tudo sozinha", disse. O Município não possui Corpo de Bombeiros e, conforme contou o prefeito, o governo estadual não ajudou em nada até o momento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Após escrever bilhete e trocar mensagens com a namorada, jovem comete suicídio em Rio Brilhante
CONTAS SUBIRAM ALÉM DA CONTA
Procon/MS notifica Energisa por altas abusivas na conta de energia
PREVISÃO DO TEMPO
Defesa Civil emitiu alerta sobre chuvas intensas para este sábado e domingo em todo MS
SITUAÇÃO CONTURBADA
Datena é acusado de assédio sexual por ex-repórter da Band
NA CAPITAL DO ESTADO
Homem de 60 anos atira na ex e se joga de cachoeira em Campo Grande
RAIOS E TEMPORAL
Tempo vira e raio atinge residência de vereador e causa prejuízos em cidade do MS
BONITO - MS - AÇÃO DA POLÍCIA MILITAR
Abordagem rende duas prisões, uma com mandato e outra de bebida alcoólica a menor em Bonito (MS)
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
Mais uma ocorrência de violência doméstica é registrada e armas de fogo apreendida em Bonito (MS)
BONITO - MS - LUTO
Bonito (MS) perde a 'lenda viva' Felipe Barbeiro, familiares pedem orações
POLÍCIA
Carreta com 4,6 toneladas de maconha que saiu de MS é apreendida em SP