Menu
KAGIVA
segunda, 21 de janeiro de 2019
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Publicada lei que autoriza governo brasileiro a doar alimentos a outros países

21 Jun 2011 - 17h36Por Agência Brasil

O Diário Oficial da União publica hoje (21) a lei que autoriza o governo a doar estoques públicos de alimentos aos países de língua portuguesa e outros 15 países, entre eles, a Bolívia e o Haiti.

Para a doação foram destinados 100 mil toneladas de milho, 500 mil toneladas de arroz, 100 mil toneladas de feijão, 10 mil toneladas de leite em pó e 1 tonelada de sementes de hortaliças.

Atendida a demanda desses países, o Ministério das Relações Exteriores poderá destinar os estoques remanescentes a outros países atingidos por “eventos naturais adversos ou em situação de insegurança alimentar aguda”.

Durante um ano, a União poderá doar os alimentos por meio do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA). O Ministério das Relações Exteriores, em parceria com o programa, definirá a quantidade de alimentos que será enviada a cada país, desde que não afete o abastecimento interno.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVISÃO DO TEMPO NO MS
Preparem o tereré - Semana deve ter chuvas rápidas e calorão de 38°C em MS
OUSADIA
Pabllo Vittar empina bumbum e mostra tatuagem em ponto estratégico, VEJA
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
EM CIDADE DO MS
Temporal de 30 minutos alaga ruas e família fica presa em carro em cidade do MS
ACIDENTE FATAL
Em MS, Cinco pessoas morrem em grave acidente na BR-060
JARDIM E MAIS DUAS CIDADES DO MS
Em Jardim, Uems abre amanhã processo seletivo para professor temporário em duas cidades
BONITO - MS - AÇÃO DA POLÍCIA CIVIL
Polícia Civil prende chefe de um dos restaurantes mais badalados de Bonito (MS)
EM CIDADE DO MS
Estudante de medicina morre após jogar partida de futebol em cidade do MS
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
PM é novamente acionada por violência doméstica, essa já é a 3ª em menos de 5 dias em Bonito (MS)
VERÃO - BOMBEIROS ALERTAM
Nos primeiros dias de 2019 bombeiros já registram afogamentos em três cidades do MS