Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sbado, 18 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca
Combate á indisciplina

Promotoria de Justiça de Bonito lança programa para combate à indisciplina e evasão

30 Ago 2011 - 10h17Por Luciano Furtado Loubet

A Promotoria de Justiça de Bonito em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, os diretores de escolas estaduais e municipais e o Instituto Família legal lançaram no último dia 19 de agosto o Programa de Acompanhamento da Indisciplina Escolar – PAIE, como parte de uma estratégia maior que há vários anos vem sendo aplicada no município: o Programa Escola um Novo Olhar.

 

Com a presença do Promotor de Justiça da Infância e da Juventude de Campo Grande, Dr. Sérgio Harfouche, foi proferida palestra a todos os professores, coordenadores e diretores das escolas estaduais e municipais sobre o PROCEVE, desenvolvido na Cidade de Campo Grande.

 

O PAIE consistirá em trabalhar nas escolas com o resgate da cidadania e responsabilidade dos alunos - especialmente no que diz respeito à observância do regimento escolar e da autoridade dos professores, coordenadores e diretores.

 

Ele fará parte de uma estratégia maior já aplicada há pelo menos seis anos em Bonito, através da qual a Promotoria de Justiça e os demais parceiros buscam amenizar os problemas de indisciplina trabalhando em três frentes: a família (para ressaltar a importância da participação dos pais na vida escolar de seus filhos e na imposição de limites e cobrança pelo comprometimento dos mesmos com a escola); os alunos (para enfatizar a importância dos estudos, bem como do respeito aos pais e educadores) e os professores (capacitando-os para lidar com casos de rebeldia e indisciplina).

 

O PAIE foi inspirado no PROCEVE e será implementado nas escolas ainda este ano, passando inicialmente por um processo de treinamento dos diretores e coordenadores; formação de uma comissão escolar para implementação do programa; levantamento com os alunos de quais são os atos de indisciplina mais comuns e explanação aos pais e alunos de como serão tratados os casos de desobediência ao regimento escolar.

 

A idéia maior é fortalecer a autoridade dos pais e educadores, conscientizando os alunos sobre a importância dos estudos e do respeito às pessoas, permitindo que os atos de indisciplina sejam resolvidos de forma pedagógica no âmbito da própria escola, sem necessidade de encaminhamento para a Promotoria de Justiça. Evita-se, assim, que os adolescentes venham a ser tratados como praticantes de ato infracional previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente.

 

Para isto, poderão ser adotadas em âmbito escolar – sempre mediante acompanhamento de profissionais treinados e com concordância dos pais – medidas e tarefas pedagógicas aos alunos que, reiteradamente, venham a cometer atos de indisciplina.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS