Menu
sexta, 23 de agosto de 2019
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Professor sabe menos sobre computador que aluno

11 Ago 2011 - 14h15Por Jornal da Tarde

Os alunos sabem mais que os educadores sobre conteúdos digitais e ferramentas tecnológicas. No País, 64% dos professores admitem a defasagem sobre o uso do computador em relação a suas turmas, segundo dados da primeira edição da pesquisa TIC Educação, realizada pelo Centro de Estudos sobre Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

Divulgado ontem, o estudo pretende identificar o uso dos computadores e da internet nas escolas brasileiras e se o conteúdo aprendido se transforma em conhecimento. Foram entrevistados 1.541 professores, 4.987 alunos, 497 diretores e 428 coordenadores pedagógicos em 497 instituições de ensino da rede pública municipal e estadual.

Conhecer o computador é um dos desafios para integrar as tecnologias da informação e da comunicação às atividades pedagógicas em sala de aula, de acordo com o estudo. A distância entre o professor e o equipamento pode ser percebida em sua desconfiança com relação ao conteúdo oferecido pela internet – 31% deles não confiam nos dados disponíveis na web. Outros 35% creem que os estudantes ficam sobrecarregados de informação e 31% pensam que os estudantes perdem o contato com a realidade.

Coordenador de pesquisas do Cetic.br, Juliano Cappi diz que o perfil do professor – que não é nativo digital e sua faixa etária varia de 31 anos a mais de 46 – ajuda a explicar porque a tecnologia ainda não é aplicada em sala de aula.

“Mas há uma demanda reprimida, pois os professores compram seus computadores, pagam cursos e até levam seus equipamentos para a sala de aula”, aponta.

“A capacitação do professor é fundamental”, comenta Jorge Werthein, vice-presidente da Sangari no Brasil e representante do escritório das Nações Unidas para a Educação no Brasil (Unesco) de 1996 até 2005. “O que ele está dizendo (neste estudo) é ‘eu não consigo usar esse instrumento porque não fui exposto à essa tecnologia quando criança ou na faculdade’”, interpreta Werthein.

Gerente de Educação, Juventude e Cultura da Fundação Telefônica, Milada Gonçalves sugere que o educador deve tratar o estudante como um parceiro nesse processo “e não como alguém que o desafia a aprender mais para ensinar depois”.

Só livros e aula não estimulam a nova geração
Quase um terço dos professores acredita mais nos métodos tradicionais de ensino – uso de livro, pesquisa em biblioteca e aula expositiva – que no uso das tecnologias de informação e da comunicação para as práticas pedagógicas. Para os pesquisadores, o confinamento dos equipamentos em laboratórios (80% das atividades são realizadas neles) – e não integrados à sala de aula – é uma demonstração do desconhecimento do potencial do equipamento e da internet na sala de aula.

Milada Gonçalves, da Fundação Telefônica, diz que o papel do educador, como mediador das informações disponíveis, é, entre outros, desenvolver nos seus alunos habilidades de pesquisa e seleção das informações, comunicação (como se comportar e se proteger na web) e autoria (publicação de conteúdos).

“O professor tem de planejar suas atividades pensando que, hoje, a internet é o principal meio de comunicação e de relação entre pessoas”, observa. “Não é possível ensinar a geração do século 21 com métodos do século 19. ”

Deixe seu Comentário

Leia Também

MIRANDA - NOVAS ELEIÇÕES
Miranda já vive clima de eleição e dois nomes já são cotados para a disputa
CIDADE DO MS EM ALERTA
Onda de suicídios deixa cidade de MS em alerta, Jovem é encontrado morto
BONITO - MS - LOTES NO ÁGUAS DO MIRANDA
Em Bonito (MS), Prefeitura auxilia regularização de lotes em Águas do Miranda
BONITO - MS - VISTORIA
DEMTRAT inicia vistoria de veículos de transporte turístico em Bonito (MS)
Bonito
A 100km de Bonito, motociclista flagra onça em rodovia
Policial
Lava Jato investiga crimes que causaram prejuízos de R$ 6 bilhões
Cidades
Em 8 meses, polícia captura 5ª iguana em residências de cidade do MS
CRUELDADE
Bandidos encapuzados invadem casa, roubam e agridem idosos em MS
FLAGRA
A CASA CAIU: mulher flagra mensagens de marido e quebra imóvel em Bonito (MS)
FATALIDADE
Pedestre é atropelada por carro e morre em avenida de MS