Menu
KAGIVA
sexta, 19 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Produtores de MS adotam consórcio com braquiária

14 Jun 2011 - 08h15Por Correio do Estado

Nesta safra de inverno os produtores de Mato Grosso do Sul estão investindo no consórcio do milho com a braquiária, uma espécie de capim. Os benefícios geralmente aparecem na próxima safra quando se planta soja. Os produtores estão animados com os resultados e a integração já representa 15% da área de milho cultivada no estado.

O produtor Edio Neuls participa da integração a cinco anos e conta que a diferença na rentabilidade foi notada logo no primeiro ano da experiência, em 2006, quando o nível de chuva foi pequeno porém a produção da soja foi maior.

Um dos benefícios de plantar o milho consorciado com a braquiária é que os custos de produção aumentam pouco, em média o valor por hectare sobe de 2% a 4%.

Motivados por essas vantagens, os produtores do estado estão investindo mais na integração, dos 850 mil hectares plantados com milho safrinha, 120 mil foram cultivados em consórcio com a braquiária.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

IBOPE NO MS - PESQUISA
IBOPE em Mato Grosso do Sul, votos válidos: Azambuja, 53%; Odilon, 47%
BONITO - MS - AÇÕES MEIO AMBIENTE
SEMA distribui frutas produzidas no Viveiro de Mudas Nativas de Bonito (MS)
BONITO - MS - REFORMA
Prefeitura reforma instalações do Programa Bolsa Família que atende 650 beneficiários em Bonito (MS)
ELEIÇÕES 2018 - FÁBRICA DE FAKE NEWS
Polícia e Justiça 'explodem' fábrica de fake news de coordenador de Odilon
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS DO MS
Empresário e filho de 1 ano que morreram em acidente, retornavam de Bonito (MS)
BONITO - MS - ESPORTE -
Bonito (MS) recebe estadual de beach tennis neste fim de semana
TIRO ACIDENTAL
Pai foge após matar filho de 10 anos com tiro acidental no ouvido em cidade do MS
BONITO - JARDIM - BODOQUENA E BELA VISTA
BONITO e mais 3 cidades recebem auxilio da Agesul na recuperação de estradas devido as chuvas
PESQUISA NO MS
Em nova pesquisa, Reinaldo tem 54.21% e Juiz Odilon 45.79%, VEJA NÚMEROS
DATAFOLHA - PRESIDENTE
Datafolha para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%