Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 21 de junho de 2018
KAGIVA
Busca

Presos doentes em cadeia de Coxim não têm atendimento médico, denuncia OAB

21 Mar 2011 - 13h03Por Midiamax

Presos doentes e feridos sem atendimento médico, detentos provisórios e condenados dividindo o mesmo espaço e superlotação evidente. Irregularidades encontradas no Instituto Penal de Coxim pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) da OAB/MS, em vistoria na semana passada.

“Encontramos uma situação totalmente contrária ao que a Lei de Execução Penal prevê”, ressalta o secretário da comissão, Maurício Vieira Gois Júnior.

Outro problema constatado é com relação ao número de servidores. No local, há apenas dois investigadores de polícia, que às vezes precisam fazer o trabalho de carcereiros. “Vários presos já tem condições de ficar em liberdade ou ter progressão de regime, mas continuam encarcerados, pois não há revisão de penas”, acrescenta o secretário.

A situação dos presídios já vem sendo acompanhada desde o ano passado pela Comissão de Direitos Humanos da OAB/MS. Em novembro de 2010, em visita ao Centro Penal Agroindustrial da Gameleira, a Comissão constatou que as condições do departamento de saúde do local também são precárias. Os mesmos problemas foram encontrados no Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, em fevereiro deste ano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS
SENAR vai realizar curso de Produção de Alimentos Saudáveis em Bonito
EM MS
Eleitores já podem se cadastrar para atuar como mesários
OPERAÇÃO OIKETICUS
Cheque da desembargadora Tânia Borges é encontrado em investigação do Gaeco
NARCOTRÁFICO
Paraguai destrói 107 acampamentos com 318 toneladas de maconha na fronteira
BELEZAS NATURAIS DE MS
Isto é Mato Grosso do Sul: o novo vídeo que retrata as belezas do MS
DEFESA SANITÁRIA
MS apresenta situação da fronteira na reunião que discute a retirada da vacina contra aftosa
DEU RUIM
Golpe do 'Mercado Livre'
OPORTUNIDADES DE EMPREGOS
Terminam hoje inscrições de processo seletivo da UFMS para 48 vagas
TEMPO E TEMPERATURA
Inverno começa seco e quente em Mato Grosso do Sul
APROVADA NO SENADO
Governo de Mato Grosso do Sul é contrário à venda direta do etanol