Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 14 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Prejuízos no início do ano fazem Mapa antecipar plantio de soja em MS

2 Ago 2011 - 17h45Por Campo Grande News

Portaria do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) nº 346 antecipou o plantio da soja em Mato Grosso do Sul na safra 2011/2012 de 20 para 1º de outubro deste ano.

A partir do novo zoneamento, o período indicado para o cultivo de soja inicia em primeiro de outubro e pode chegar até 31 de dezembro. A expectativa agora é de que o zoneamento do milho também tenha seus prazos adequados.

A antecipação do Zoneamento Agrícola de Risco Climático da cultura foi reivindicada pela Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) e Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja).

Os órgãos, juntamente com a Embrapa, Fundação MS e Fundação Chapadão, mostraram, no dia 13 do mês passado, aos técnicos do ministério, as razões e a viabilidade de antecipar o plantio no Estado.

A solicitação foi motivada por conta dos prejuízos altos que as plantações de soja em Mato Grosso do Sul sofreram em março por conta do excesso de chuva que atrasou, pelo menos, por 20 dias a colheita.

“Demonstramos que os períodos recomendados anteriormente para o plantio da soja e do milho safrinha no Estado não estão condizentes com a época mais indicada para o produtor iniciar o plantio”, assinala o assessor da Famasul para assuntos agrícolas, Lucas Galvan.

Segundo informações da Federação, ao modificar os prazos previstos no zoneamento da soja, o Mapa considerou o ciclo da soja e suas necessidades de umidade e temperatura para obtenção de boa produtividade.

“A mudança vem atender uma necessidade sentida pelo produtor de se adaptar às intempéries climáticas, como na antecipação do plantio de milho safrinha para escapar da geada e o controle de doenças como a ferrugem da soja. A medida poderá se reverter em aumento de produtividade para os sojicultores do estado”, avalia o presidente da Famasul, Eduardo Riedel.

Na última safra, Mato Grosso do Sul cultivou área de 1,76 milhão de hectares de soja, com uma produção de cinco milhões de toneladas, segundo levantamento da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

As chuvas do início do ano acabaram com a previsão uma “supersafra” do Estado, que, conforme a Conab, poderia colher 5,6 milhões de toneladas do grão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - RÉVEILLON 2019 -
Prefeitura divulga regulamento sobre as festividades do Réveillon 2019 em Bonito (MS)
CORPO ENCONTRADO EM RIO DE MS
Bombeiros localizam o corpo do homem que sumiu na pescaria em MS
BONITO - MS - NOVA DIRETORIA DA OAB
Nova diretoria da 23ª subseção da OAB de Bonito toma posse
RIO DA PRATA DE VOLTA
'Clareza' do Rio da Prata aparece e semana é marcada por audiência e clamor popular em Bonito (MS)
DUAS MORTES POR RAIOS NO MS
Tempestade surpreende e dois morrem atingidos por raios em MS
GOVERNO DO MS - EM 2019
No 2º mandato, Reinaldo vai doar metade do salário a entidades
BONITO - MS - TÁ NA CONTA
Prefeitura Municipal deposita 2ª parcela do 13º salário em Bonito (MS)
BONITO - MS - TROFÉU PIRAPUTANGA
Em grande estilo, Troféu Piraputanga valoriza apoiadores do turismo e empresários de Bonito (MS)
CIDADES
Secretários: Felipe na Fazenda, Murilo Infraestrutura e Resende na Saúde
BONITO - MS
Prefeitura doa área para prédio da Polícia Militar Ambiental em Bonito