Menu
KAGIVA
quinta, 18 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Prefeitura de Bonito realiza a IX Conferência Municipal da Assistência Social

Para discutir as políticas públicas implementadas pelo SUAS Sistema Único de Assistência Social), a Prefeitura de Bonito, realizou na última sexta feira ..

18 Jul 2011 - 10h56Por Boni Miranda - Bonito Informa

 Para discutir as políticas públicas implementadas pelo  SUAS Sistema Único de Assistência Social), a Prefeitura de Bonito, realizou na última sexta feira, na Acácia Branca, a IX Conferência Municipal da Assistência Social.

A conferência foi organizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e pelo Conselho Municipal de Assistência Social e apresentou como tema deste ano: “Consolidar o SUAS e Valorizar seus Trabalhadores”. Ao abrir a cerimônia o presidente o CMAS, Valdirnei Martins, colocou a valorização dos trabalhadores e a qualificação dos servidores como condição para efetividade e consolidação do SUAS.

A secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Tânia Mara Garib, reafirmou a importância da participação da sociedade nesses encontros. “Aqui nós é que somos os legisladores da Assistência Social. Em encontros como esses é que são definidas as nossas diretrizes”.  Ela lembrou ainda, que o trabalho da assistência no Brasil a partir de 1988, passou por mudanças conceituais, alcançando o status de política pública, com o papel essencial de proteger a família num conceito mais amplo, em parceria com a saúde e com a previdência.

A secretária de Assistência Social de Bonito e presidente do Coegemas de MS, Izabel Aivi de Figueiredo lembrou a trajetória da implantação dos programas que são desenvolvidos atualmente pela Prefeitura, vários deles em parceria com instituições privadas do município.

“Desde 2005 nós discutimos questões essenciais como estratégia de ação, participação social e interesse coletivo, e o tema desse ano é um desafio. Entretanto, para quem tem amor, quem tem paixão pela assistência social é mais um passo”.

A secretária voltou a afirmar que o envolvimento da sociedade constitui a principal base para o fortalecimento do trabalho da assistência e é um compromisso com o futuro do município. “Existe a necessidade de estruturar tanto a política da rede social quanto do SUS que atende a todos, sem exceção, numa gestão compartilhada entre Estado e município”.

 “Reconheço que em Bonito, a parceria com o Governo do Estado nos tem auxiliado na ampliação deste trabalho com o aumento dos recursos do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS), e compartilho da alegria de termos agora por força de lei, o PETI, o CRAS, o CREAS, como política pública, definindo a responsabilidade da União, Estado e municípios no atendimento e proteção da família, do idoso, da criança ou de quem se encontrar num estado de vulnerabilidade”.

Para o prefeito Jose Arthur Figueiredo, o município vem apresentando um crescimento positivo em sua política de assistência social. “É uma satisfação participar desse trabalho e poder ver os resultados dos nossos esforços nessa área, e para que essas rede possa exercer sua amplitude é indispensável a participação coletiva.  A Lei sancionada pela presidente, precisa ser clara, precisa ser debatida e conhecida pela população, a fim de que  as nossas ações sejam cada mais exatas, unindo o que a lei permite e a população deseja”.

Durante todo o dia, gestores, técnicos, servidores, entidades e usuários dos serviços ofertados pelo setor e representantes da sociedade civil puderam avaliar os avanços obtidos, propor estratégias para qualificar os serviços, analisar a qualidade dos atendimentos sociais, programas, projetos e benefícios da assistência social, a participação dos usuários, a valorização dos trabalhadores além de sugerir ações para ampliação do alcance das políticas para erradicação da pobreza extrema.

Os principais pontos que direcionaram o debate e partir do qual foram formuladas as propostas que serão apresentadas pelo município na Conferência Estadual são: a estruturação da gestão do trabalho no SUAS; reordenamento e qualificação dos serviços socioassistenciais;  fortalecimento da participação e do controle social; e a centralidade SUAS na erradicação da extrema pobreza no Brasil.

No encerramento foram escolhidos os delegados que representarão Bonito na Conferência Estadual: Izabel Aivi de Figueiredo (representante governamental) e Valdirnei Martins (suplente);   Sandra Dineli da Costa ( representante não governamental) e Maria Shasdeck (suplente). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MELHOR SALÁRIO É DO MS
Fetems confirma: Reinaldo paga o melhor salário de professor do Brasil
NO RIO MIRANDA - MULTA E APREENSÃO
PMA prende e autua em R$ 17 mil oito turistas paulistas pescando com redes e tarrafas no Rio Miranda
BONITO - MS - TESTE EM AEROPORTO
Aeroporto terá testes durante Seminário Nacional de Perícia em BONITO (MS)
ENTRETENIMENTO
FAZENDA 10: Dívida de Perlla com ex-empresário ultrapassa R$ 1 milhão
A FAZENDA 10 - ENTRETENIMENTO
'Vaza' passado cabeludo de Fernanda Lacerda e Léo Stronda fora da Fazenda
A FAZENDA 10 - FOGO NO FENO
Mulher de Rafael Ilha detona Gabi Prado e dispara contra peoa: 'Deve sofrer de alguma doença'
RETA FINAL - NOVELA DA GLOBO
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher' em Segundo Sol
OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL
Temer recebeu R$ 5,9 mi em propinas do setor portuário, diz PF
BONITO - MS - RESULTADO DO CONCURSO
Confira os aprovados no concurso público da Câmara em BONITO (MS)
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Em quatro anos, governo de MS investe R$ 265 milhões em Corumbá