Menu
KAGIVA
quarta, 18 de julho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
BONITO - MS - SAÚDE DE QUALIDADE

Prefeitura compra micro-ônibus e ambulância para melhor atender na Saúde em Bonito (MS)

Prefeitura compra micro-ônibus e ambulância para a Saúde

13 Jul 2018 - 08h48Por BONITO INFORMA COM ASSESSORIA

A Prefeitura Municipal de Bonito homologou nesta semana a compra de mais dois veículos que serão utilizados pela Secretaria Municipal de Saúde no atendimento à população. A homologação das licitações foi publicada no Diário Oficial dos Municípios desta sexta-feira (13).

A licitação para a compra do micro-ônibus foi vencida pela empresa Monet Concessionária de Veículos e Peças Ltda, pelo valor de R$ 284.000,00 (duzentos e oitenta e quatro mil reais).

O veículo adquirido é um micro-ônibus Volare Fly 9 (zero quilômetro) com capacidade de até 33 lugares, que será utilizado para transporte de pacientes. A empresa Volare pertence à Marcopolo S.A, com sede em Caxias do Sul/RS.

A ambulância, também zero Km, é da marca Fiat, tipo Fiorino (ano e modelo 2018) e será utilizada para simples remoção de pacientes. A empresa vencedora da licitação é a Enzo Veículos Ltda e o valor da compra é de R$ 90.000,00 (noventa mil reais).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS
Confira a programação completa do Festival de Inverno de Bonito 2018
BONITO - MS
Agehab e prefeitura entregam Residencial Lago Azul/Etapa I em Bonito
PANTANAL
Cheia recua e parte do gado volta às áreas altas até o fim deste mês
EDUCAÇÃO
IFMS divulga resultado de seleção com 71 vagas para cursos de graduação
MEIO AMBIENTE
Curso orienta proprietários sobre recuperação de áreas na bacia do Taquari
POLÍTICA
Vaquinha eleitoral não empolga e Odilon só arrecada R$ 530 em 2 dias
SAÚDE
Médicos britânicos alertam sobre superbactéria transmitida sexualmente
ELEIÇÕES 2018 - ARTICULAÇÕES
DEM escolhe Reinaldo e indica Barbosinha a vice e Zauith ao Senado
CONCURSOS NO MS
Prefeitura de Laguna Carapã abre concurso com 96 vagas e salários de até R$ 4,1 mil
ECONOMIA
Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas