Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 17 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Prefeito de Dourados, Murilo Zauith diz que vai para o PSB para se aproximar de Dilma

12 Jul 2011 - 11h48Por Diário MS

O prefeito de Dourados Murilo Zauith anunciou oficialmente na sexta-feira que vai mesmo deixar o DEM (Democratas) para ingressar no PSB (Partido Socialista Brasileiro). Um dos motivos que o levou a mudar de partido foi garantir mais proximidade com a presidente da República, Dilma Rousseff (PT).

Murilo acredita que o fato do DEM ser adversário do PT (Partido dos Trabalhadores) pode ser um entrave para conseguir recursos para Dourados, enquanto ele estiver como chefe do executivo municipal.“Quando se é parlamentar, você representa e defende aqueles que o elegeram. Mas, quando se é um administrador público, é preciso ser mais pragmático para atender as demandas do município”, afirmou Zauith.

Ele citou como exemplo um projeto que a prefeitura está pleiteando através do Provias (Programa de Intervenções Viárias) do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), de R$ 48 milhões, para asfaltamento. “Como administrador público, tenho projetos em que posso facilitar e muito estando no PSB”, disse Murilo.

O prefeito afirma que a decisão não está relacionada às eleições do ano que vem. “Não estou pensando em eleições agora, só em administrar Dourados. O ano eleitoral é 2012”, disse Zauith, que está em seu primeiro mandato na prefeitura.Sobre o ingresso em um partido socialista, Murilo diz que não terá muitas mudanças em suas ideologias enquanto político. “É socialista, mas é democrático. Acho que todos os partidos são voltados para a área social e este foi sempre o meu perfil como parlamentar e como vice-governador, sempre pensando no social e vai continuar da mesma forma”, disse ele ao Diário MS, no final da tarde de sexta-feira.


Já no sábado pela manhã, o prefeito se reuniu com os 4 vereadores do DEM em Dourados, mais o deputado estadual Zé Teixeira e outros integrantes do partido. Durante a reunião, ele anunciou sua decisão de mudar de partido e também se comprometeu a não esvaziar o Democratas no município.

SOCIALISTA

André Puccinelli (PMDB) comentou a troca de partido de seu ex-vice-governador. “Que Deus o tenha no PSB, agora vai ter que aprender a fazer plenária para pronunciamentos socialistas”, disse o chefe do executivo estadual.Segundo Puccinelli, a mudança de partido do prefeito não vai alterar o relacionamento entre o Estado e o Município. “Eu ajudei Dourados quando era o Tetila do PT, quando era o Artuzi do PDT e vou continuar, isso não tem relação com a sigla”, disse o governador.Zauith afirma que escolheu o PSB porque foi convidado para fazer parte da reestruturação do partido e que já participou, inclusive, de reuniões da diretoria em Brasília, algumas vezes.

O PSB é um partido menor que o Democratas e tem como foco a busca por mais representatividade. Na Assembleia Legislativa ele é representado pelo deputado Lauro Davi, que está em seu primeiro mandato. Na Câmara Federal, o partido não possui nenhum parlamentar eleito por Mato Grosso do Sul. Murilo é cogitado para assumir a presidência regional do partido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - BALNEÁRIO MUNICIPAL
Balneário Municipal ficará fechado durante 5 dias este mês de agosto em Bonito (MS)
MAIS UMA FATALIDADE NO RODEIO
Peão que competiu em Barretos morre após cavalo cair em cima dele em cidade do MS
PROCESSO SELETIVO NO MS
Prefeitura abre inscrições para processo seletivo em cidade do MS
BONITO - MS - CURSOS PROFISSIONALIZANTES
Prefeitura concede espaço e SENAI realizará cursos profissionalizantes em Bonito
DOURADOS - MAIS VIOLÊNCIA
Padre é trancado no quarto, espancado e tem pertences levados em Dourados
POLÍTICA
Julgamento de Zeca do PT sobre farra da publicidade é marcado para o dia 4
AÇÃO CIVIL
Estado é acusado de discriminar mulheres em concurso da Polícia Militar
DE MS
Morre de causas naturais maior contrabandista do país preso em 2011
ECONOMIA
Nascidos em agosto já podem sacar abono salarial do PIS/Pasep
INTERNACIONAL
Morre aos 76 anos Aretha Franklin, a 'rainha do soul'