Menu
KAGIVA
sexta, 19 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Portucel desiste de Mato Grosso do Sul por restrições à compra de terra

13 Jul 2011 - 10h30Por Midiamax - Éser Cáceres

As mudanças na legislação brasileira que restringiram a compra de terras por estrangeiros no país foram apresentadas como motivo principal para a gigante portuguesa Portucel Soporcel suspender um projeto de investimento em Mato Grosso do Sul estimado em 4,8 mil milhões de reais.

Segundo parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) emitido no ano passado, foram equiparados os conceitos de empresa nacional de capital estrangeiro e companhia controlada por acionistas não-residentes no país ou com sede no exterior.

A notícia dos investimentos chegou a ser distribuída para imprensa regional pelo governador André Puccinelli como certa.

No segundo trimestre de 2010, a Portucel assinou um protocolo com o Governo de Mato Grosso do Sul. Porém, em março deste ano, após avaliar opções no Brasil, Uruguai, Angola e Moçambique, a Portucel anunciou que investiria no último país.

Moçambique deve receber, segundo Pedro Moura, CEO da Portucel na África, 2,3 mil milhões de dólares de investimentos até 2025. "Moçambique apresentava algumas vantagens e foi mais fácil definir a posse da terra, o que fez precipitar a escolha face aos outros", explicou. A fábrica africana pretende operar de olho no mercado asiático e pode ter até 30% de investimento local.

Na época, porém, o grupo Portucel Soporcel não excluiu a América latina dos planos. "Esta decisão de investimento não implica que a Portucel tenha desistido do Uruguai e Brasil. Continuam em estudo as várias possibilidades", salientou o CEO.

Há pouco mais de um ano, o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB) chegou a viajar até Portugal, onde conversou com diretores da Portucel. Na época circulou a informação de que a nova fábrica poderia criar cerca de 2.200 empregos diretos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IBOPE NO MS - PESQUISA
IBOPE em Mato Grosso do Sul, votos válidos: Azambuja, 53%; Odilon, 47%
BONITO - MS - AÇÕES MEIO AMBIENTE
SEMA distribui frutas produzidas no Viveiro de Mudas Nativas de Bonito (MS)
BONITO - MS - REFORMA
Prefeitura reforma instalações do Programa Bolsa Família que atende 650 beneficiários em Bonito (MS)
ELEIÇÕES 2018 - FÁBRICA DE FAKE NEWS
Polícia e Justiça 'explodem' fábrica de fake news de coordenador de Odilon
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS DO MS
Empresário e filho de 1 ano que morreram em acidente, retornavam de Bonito (MS)
BONITO - MS - ESPORTE -
Bonito (MS) recebe estadual de beach tennis neste fim de semana
TIRO ACIDENTAL
Pai foge após matar filho de 10 anos com tiro acidental no ouvido em cidade do MS
BONITO - JARDIM - BODOQUENA E BELA VISTA
BONITO e mais 3 cidades recebem auxilio da Agesul na recuperação de estradas devido as chuvas
PESQUISA NO MS
Em nova pesquisa, Reinaldo tem 54.21% e Juiz Odilon 45.79%, VEJA NÚMEROS
DATAFOLHA - PRESIDENTE
Datafolha para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%