Menu
domingo, 15 de setembro de 2019
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
PELA VIDA

Policial Civil salva motociclista que teve parada cardíaca durante acidente em MS

Policial Civil salva motociclista que teve parada cardíaca durante acidente em MS

10 Set 2019 - 11h51Por BONITO INFORMA COM PC

Gratidão! Essa é a palavra que resume os sentimentos de Kethellyn Pacheco, 20 anos, pelo investigador da Polícia Civil, Diogo Tavares, 32 anos.

O destino dos dois se cruzou na semana passada, quando o marido de Kethellyn se envolveu em um acidente na rua Barueri, na Moreninha 2.

O auxiliar de logística Jefferson Almeida da Silva, 24 anos, retornava no trabalho, quando em frente a uma lanchonete colidiu a moto em que estava de frente com um veículo Voyage, cor prata, com placas de Campo Grande (MS), que vinha no sentido contrário.

Jefferson e Kethellyn

Dos anjos que a vida apresenta, Diogo Tavares é um deles. Lotado atualmente na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), naquele momento ele retornava da faculdade Estácio de Sá, onde cursa direito e resolveu parar na lanchonete Xpeto para pegar um lanche. Quando pagava o pedido, o policial escutou um forte barulho. “Sai de dentro da lanchonete para ver o que estava acontecendo, vi que uma moto tinha colidido frontalmente com um automóvel e o motociclista já estava caído ao chão, com sangramento na cabeça”, recorda.

Nesse momento, o investigador pediu aos populares que chamassem o Corpo de Bombeiros e de imediato iniciou os primeiros socorros. “Fui na carótida e no punho dele ver se tinha pulso e estava sem qualquer sinal, aí coloquei a cabeça no peito dele e não havia batimento cardíaco e nem movimento de tórax, foi então que percebi que estava em parada cardiorrespiratória”, explica.

Investigador Diogo Tavares

Diante do quadro da vítima, Diogo não pensou duas vezes e deu início ao procedimento de reanimação, com massagem cardíaca. Segundo ele, foram contabilizadas 12 compressões e a vítima não voltava, foi então que resolveu parar de contar e fez inúmeras e de forma sequente, até vir o alívio. “Ouvi um suspiro e vi um movimento de mão dele, percebi que ele voltou”, comemora.

A partir daí o policial civil começou a fazer perguntas para a vítima, no intuito de verificar o estado de consciência, como o nome dele, se sabia onde estava, entre outras. Quando Jefferson já estava orientado o Corpo de Bombeiros, que chegou rapidamente, comprovou que ele teve uma parada cardiorrespiratória e deu início aos procedimentos para realizar o encaminhamento para a Santa Casa.

Estado de saúde

Segundo Kethellyn, o marido ainda não está fora de risco, já que por conta da forte pancada teve alguns vasos da cabeça rompidos. Mas está consciente e muito agradecido por ter sido salvo. “Se não fosse ele (investigador) meu marido tinha morrido”, afirma.

Kethellyn e Jefferson estão casados há anos, mas ainda não tem filhos. O primeiro plano que faz agora, é voltar para casa com o marido são e salvo. "Quando estivermos em casa, quero fazer um almoço para os nossos amigos, familiares e para o policial, como forma de agradecimento", finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Em MS, Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia
MIRANDA E BODOQUENA
Governo do Estado entrega kits esportivos para 6 escolas em Miranda e maquinários em Bodoquena
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
A MULTA FOI POUCO
PMA autua homem por matar filhotinho envenenado em MS
BONITO - MS - DOENÇA DO SÉCULO
ESF Central realiza palestra sobre prevenção ao suicídio em Bonito (MS)
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Azambuja diz que todas as escolas estaduais serão reformadas durante encontro com prefeitos
COMBATE AO INCÊNDIO NO MS
Corpo de Bombeiros reforça efetivo no combate às queimadas no Pantanal e Cerrado
BONITO - MS - ADOTE O SEU MELHOR AMIGO
CCZ disponibiliza 10 cães para adoção em Bonito (MS)
BONITO - MS - PROTOCOLADO
Prefeito e Vereador pede vinda da Carreta da Justiça e realização de Casamento Coletivo em Bonito