Menu
KAGIVA
segunda, 20 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Polícia prende suspeito de vender armas para o atirador de Realengo

9 Abr 2011 - 14h41Por Agência Brasil

A Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro apresentou hoje (9) dois suspeitos de venderem uma arma ao atirador Wellington de Oliveira, que invadiu a Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona oeste do Rio, matou 12 crianças e feriu outros estudantes na última quinta-feira (7). Os dois moram em Sepetiba, bairro da zona oeste onde também residia Wellington, e foram presos pela Polícia Militar na noite de ontem (8).

Um dos acusados é Charleston Souza de Lucena, chaveiro que prestou um serviço de troca de fechadura para Wellington quando ele se mudou para Sepetiba. Segundo a polícia, Wellington teria perguntado ao chaveiro se ele conhecia algum comerciante de armas e Charleston, por sua vez, teria recorrido a Isaías de Souza para comprar o revólver calibre 32 usado no massacre da escola.

De acordo com a polícia, eles teriam cobrado R$ 260 pelo revólver calibre 32. Tanto Charleston quanto Isaías já tem passagens pela polícia por crimes como lesão e ameaça, e tiveram sua prisão preventiva decretada pela Justiça na madrugada de hoje por venda ilegal de arma.

Os dois  disseram à polícia que jamais teriam vendido a arma se soubessem que ela teria sido usada nesse crime. Isaías de Souza disse ter seis filhos e quatro enteados. O outro suspeito, Charleston de Souza Lucena, afirmou ter três filhos.

A polícia ainda não conseguiu identificar a origem do revólver calibre 38, também usado por Wellington de Oliveira nos assassinatos. A arma está com a numeração raspada, o que dificulta seu rastreamento. Segundo o titular da Delegacia de Homicídios, que investiga o massacre na escola, Felipe Ettore, a polícia continuará tentando identificar a origem dessa arma.

Ettore disse que não haverá necessidade de fazer reconstituição do crime. Os policiais ainda estão tentando traçar o perfil psicológico de Wellington de Oliveira para fechar a investigação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROPAGANDA ANTECIPADA
Juiz rejeita recurso e mantém multa de R$ 31,5 mil a Odilon por uso de outdoors
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Em 4 anos, Governo Reinaldo entrega mais pontes de concreto do que em toda história do Estado do MS
BONITO - MS
Jogos Escolares 2018 terão início nesta segunda-feira, dia 20 em Bonito
EM MIRANDA - MS - CASO DE POLÍCIA
Donos de casa noturna são presos por estupro coletivo de adolescente em Miranda
STOCK CAR
Vítima atropelada na Stock Car Light permanece no CTI
TJMS
Tribunal de Justiça triplica valor do "auxílio saúde" para juízes e desembargadores
ECONOMIA
Tesouro pagou em julho R$ 602,43 milhões em dívidas de estados
EDUCAÇÃO
Começam hoje inscrições para bolsas remanescentes do ProUni
JUSTIÇA
Ministras do STF conclamam mulheres a buscar igualdade pelo voto
ESTUDANTE DE MEDICINA NO PARAGUAI
Estudante de medicina foi morta com mais de 16 facadas na fronteira; namorado é principal suspeito