Menu
KAGIVA
segunda, 25 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Polícia Federal indicia vereador petista por invasão da Funai de Dourados

1 Abr 2011 - 14h00Por Campo Grande News

A Polícia Federal indiciou o vereador de Dourados, Dirceu Longhi, do PT e a mulher dele, a bióloga e chefe regional da Funai em Ponta Porã Arlete Pereira de Souza por formação de quadrilha e cárcere privado. O casal é acusado de incitar e financiar a invasão do prédio da Funai, em dezembro de 2009. O inquérito foi encaminhado ao MPF (Ministério Público Federal).

De acordo com a PF, Longhi e a mulher teriam financiado a invasão e, com isso, garantido a nomeação de Arlete como chefe regional da Funai. O prédio foi ocupado por índios.

A bióloga é hoje chefe da Funai em Ponta Porã.

Ainda de acordo com a PF, a intenção do parlamentar era a de forçar a saída da ex-administradora da Funai, Margarida Nicoletti.

Com a indicação da mulher o vereador pretendia explorar isso politicamente em sua candidatura a deputado estadual, no ano passado.

Invasão

O prédio da Funai foi invadido no dia 17 de dezembro de 2009. O manifesto tinha como objetivo a saída de Margarida do cargo. Ao menos 13 pessoas foram mantidas reféns.

Os índios só deixaram o local após o comando nacional da Funai afastar Margarida da chefia.

Ainda assim, os índios ficaram acampados em frente ao prédio. É que os índios não gostaram da nomeação da antropóloga Maria de Fátima Rosa Vilarinho. Eles insistiam no nome da bióloga. Em janeiro passado, a PF prendeu cinco índios pela invasão.

Vereador nega

O vereador Dirceu Longhi disse que nem ele nem a mulher foram comunicado do indiciamento. Contudo, ele nega ter favorecido os índios na ocupação.

Segundo o parlamentar, os líderes da ocupação o procuraram e pediram emprego na Câmara Vereadores. Como ele teria negado, os índios o denunciariam, presume.

Longhi disse que ele a mulher prestaram depoimento acerca do caso no passado

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - CULTURA
Bonito recebe 4ª edição da Feira Literária
BONITO - MS - AÇÃO DA 1ªCIPM/CPA-3
Polícia Militar recaptura foragido da justiça durante ação na madrugada em Bonito (MS)
PANTANAL
União reconhece situação de emergência em áreas inundadas no Pantanal
EMPREGOS
Exército abre vagas para músicos no 17º Batalhão de Fronteira
CRIME ORGANIZADO
PF faz operação contra célula do PCC em Mato Grosso do Sul e mais quatro estados
EXPANSÃO PARAGUAI
Obras públicas paraguais terão continuidade com mudança de governo
IVINHEMA
Veículo capota na MS-276 após condutor dormir ao volante
LEILÃO DO GOVERNO DO MS
Governo leiloa 43 lotes de veículos e sucatas nesta terça-feira, confira o edital
CAMPO GRANDE E JARDIM
Uems abre concurso para professores efetivos em Campo Grande e Jardim
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Padrasto acerta murro na boca de criança ao tentar agredir esposa