Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 18 de novembro de 2018
KAGIVA
Busca
MS - Policial

Polícia conclui inquérito de caso de PM que matou pedreiro e feriu quatro na virada d

12 Jan 2012 - 07h50Por Correio do Estado

 

A 5° D.P. (Delegacia de Polícia) concluiu e encaminhou ao MP (Ministério Público), na tarde de ontem, o inquérito policial a respeito do crime ocorrido na madrugada do dia primeiro de janeiro deste ano.

 

Na ocasião, o policial militar Samuel Araújo Lima, 34 anos, foi agredido na rua Barão de Limeira, bairro Universitário, se envolveu em uma confusão e acabou efetuando vários disparos que mataram o pedreiro Wilson Meaurio, 41 anos, além de ferir mais quatro pessoas da mesma família.

 

Durante as investigações, segundo a polícia civil, foi apurado que todos os envolvidos residem na mesma região e Samuel saiu naquela noite com o seu veículo Fox para buscar a namorada. Ao efetuar o retorno na via pública, desagradou um grupo de rapazes que estavam na rua, iniciando-se uma discussão que logo se transformou em agressão.

 

A polícia afirma que Samuel passou a ser violentamente espancado por Márcio Pereira Soares, 21 anos e Mailson Pereira Soares, 22 anos, que continua foragido. Ferido, ele se escondeu em uma residência na frente, quando os agressores tentaram invadir o local e Samuel decidiu ligar para a irmã.

 

A policial civil Sueli Araújo Lima estava na casa dos pais, próxima ao local, e saiu para socorrer o irmão, levando a arma. Ela viu os rapazes danificando o carro com madeira e pedras e acreditou que a vítima estava no interior, por isso efetuou alguns disparos para afastar o bando. Quando viu que a irmã chegou ao local, Samuel saiu, pegou a arma e entrou na casa dos agressores, atingindo fatalmente Wilson e os demais na região dos membros inferiores.

 

Após os disparos, Samuel acabou desmaiando e, logo em seguida, chegaram os policiais e o corpo de bombeiros, que socorreram os feridos. O outro irmão de Samuel, Rodrigo Araújo Lima, também policial militar, ameaçou algumas pessoas e chegou a ser contido pela guarnição que estava no local. O inquérito policial fala a respeito dos crimes de homicídio doloso, tentativa de homicídio, disparo de arma de fogo, ameaça e dano qualificado.

 

Samuel continua preso, indiciado por homicídio doloso e tentativa de homicídio. Sueli pagou fiança, após ser indiciada por disparo de arma de fogo. Rodrigo responderá criminalmente por ameaça, Marcio Pereira Soares e Mailson Pereira Meaurio, vulgo “Lyon”, foram indiciados pelos crimes de tentativa de homicídio e dano qualificado. O primeiro encontra-se preso, por haver sido autuado em flagrante, enquanto o segundo permanece foragido. Sua prisão preventiva já foi representada pela autoridade policial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - FESTIVAL DA GUAVIRA
Prefeitura vai licitar a realização do 15º Festival da Guavira em Bonito (MS)
BONITO - MS - NA TRIBUNA
Lúcia Miranda quer demarcação oficial da Avenida Matheus Muller em Bonito (MS)
ALCOOLISMO
Em MS, jovem de 21 anos passa horas consumindo bebida alcoólica e morre
BONITO - MS - ACADEMIA AO AR LIVRE
Já licitada, Prefeitura vai instalar duas novas academias ao ar livre em Bonito (MS)
CAMPO GRANDE - MUITA CHUVA
Chuva forte deixa trechos alagados e trânsito tumultuado em Campo Grande
BONITO - MS - NOVO COORDENADOR
Odilson nomeia novo coordenador da Defesa Civil de Bonito (MS)
BONITO - MS - REINAUGURAÇÃO
OKA Pisos e Acabamentos reinaugura hoje às 19h, OKA de cara nova em BONITO (MS)
BONITO - MS - REVITALIZAÇÃO
Prefeitura revitaliza iluminação da Praça da Liberdade e do CMU em Bonito (MS)
A FAZENDA 10
A Fazenda 10: Rafael Ilha chora ajoelhado na frente das vacas, entenda o que aconteceu
FORA DA POLÍTICA
Procurador, Sérgio Harfouche nega candidatura e confirma desfiliação da política