Menu
BANNER GOV
quarta, 17 de julho de 2019
BONITO CÂMARA JULHO 2019
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Polícia Ambiental autua assentado em R$ 251.690 mil

10 Ago 2011 - 13h48Por Correio do Estado

A Polícia Militar Ambiental (PMA) autuou ontem (9) o assentado José Alves Bispo em R$ 251.690 mil por ter incendiado uma área de reserva ambiental. O incêndio aconteceu no assentamento Barreiro, em Anaurilândia (MS).

Segundo informou aos policiais, o homem colocou fogo no lote para fazer a limpeza do local. No entanto, perdeu o controle do incêndio, que se estendeu por vários lotes, queimando grande parte da área de reserva legal do assentamento.

O fogo consumiu a vegetação em 8,54 hectares de um dos lotes e mais 20 hectares de dois lotes vizinhos, além de 44,63 hectares da área de reserva legal.

A PMA efetuou um auto de infração administrativo e multou o autuado em R$ 251, 69 mil.

O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Anaurilândia, onde foi autuado em flagrante por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de dois a quatro anos de reclusão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO E BODOQUENA - #POLÍCIA
Ação conjunta das polícias de Bonito e Bodoquuena por furto e recupera motocicleta
BONITO - MS - NA TRIBUNA
Vereador 'Varguinha' reivindica construção de novo cemitério para Bonito (MS)
CRIME POR DÍVIDA
Polícia encontra camaro amarelo de sobrinho que matou o tio por causa de dívida em Campo Grande
NOVELA DA GLOBO
A Dona do Pedaço: Josiane comete segundo assassinato após nova chantagem
OPORTUNIDADE NO MS
Inscrições já estão abertas e serão gratuitas para o Processo Seletivo em prefeitura do MS
SELFIE DA MORTE
Jovem que morreu em cachoeira se desequilibrou ao tirar 'selfie'
DESAPARECIDA
Família busca por jovem desaparecida há três dias em Campo Grande
UNIDOS PARA SEMPRE
Após 71 anos de vida matrimonial, idosos morrem no mesmo dia
ASSASSINATO
Em MS, Comerciante mata o tio a tiros de pistola durante cobrança de dívida
DOURADOS - ATAQUE DE ÍNDIOS
Indígenas invadem propriedade e atacam policiais com flechas e coquetel molotov em Dourados