Menu
ASSOMASUL MAIO 2019
segunda, 17 de junho de 2019
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO

PMA aprende 256 quilos de peixe em fundo falso de veículo

12 Mar 2011 - 16h55Por Campo Grande News

 A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu 256 quilos de peixe no fundo falso de um veículo Ford F 1000. O flagrante aconteceu na madrugada deste sábado em uma estrada vicinal de Batayporã, denominada Retiro dos Cabritos.

Na carroceria, os policiais encontram pescado da espécie curimbatá. O motorista apresentou nota do pescado. Porém, no fundo falso foram encontrados diversos exemplares de peixes das espécies pacu, dourado e pintado.

Os peixes tinham tamanhos inferiores ao permitido pela legislação e ainda apresentavam marcas de captura por petrechos proibidos de malha (redes ou tarrafas).

O condutor do veículo foi preso e levado para a delegacia de Batayporã, onde foi autuado em flagrante por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de detenção, de um a três anos. Ele foi multado em R$ 6.120.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governo do MS assina nesta terça 'Decola MS', programa vai ampliar voos em BONITO e demais cidades
OPORTUNIDADE NO MS
Em MS, Prefeitura abre inscrições para dois processos seletivos
BONITO - MS - AÇÕES NO RIO FORMOSO E RIO DA P
Governo do MS anuncia que vai realizar megaoperação para salvar águas cristalinas de Bonito (MS)
JARDIM - MS - POLÍCIA
Suspeito de assalto é atropelado por viatura da PM e morre na delegacia em JARDIM (MS)
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
CASO DE POLÍCIA
Rapaz de 22 anos é encontrado em matagal ferido com 20 facadas em cidade do MS
MATO GROSSO DO SUL - SAÚDE
Em agosto, Governo do Estado e Hospital Regional reativam serviço de cirurgias bariátricas em MS
FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO
BONITO (MS): Festival traz espetáculos de dança, Bossa Nova e performances contemporâneas
ELEIÇÕES 2020
Rose Modesto admite interesse em disputar prefeitura de Campo Grande, mas nega acordo com o MDB
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados