Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
quarta, 20 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Piso salarial dos professores, garantido por lei, não é pago em 31 municípios de MS

17 Ago 2011 - 14h47Por Midiamax - Evelin Araujo
 A lei do piso salarial julgada constitucional pelo STF (Supremo Tribunal Federal) neste ano que defende um valor mínimo de R$ 1.187,97 para os professores da rede pública de ensino ainda não é aplicada em 31 municípios de Mato Grosso do Sul, conforme pesquisa  feita pela Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul). 
 
Segundo os dados divulgados, 42% dos 74 municípios pesquisados pagam valores inferiores ao determinado pela lei. Os piores rendimentos vão para os profissionais de Glória de Dourados, que ganham R$ 700,84 por 40 horas semanais. Em penúltimo está Bela Vista, com pagamento de R$ 950 e Vicentina vem logo depois, com R$ 960. 
 
Os mais bem pagos são os professores de Campo Grande, que recebem R$ 1.892,22 por 40 horas de trabalho semanais. Em seguida vem Caracol com R$ 1.857,40, Naviraí com R$ 1.771,32, Corumbá com R$ 1.719,20 e Rochedo com pagamento de R$1.662,00. 
 
Uma lista de dez cidades do Estado ficam próximas ao piso, com pagamentos que variam de R$ 1.187,96 a R$ 1.187,00. 
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança