Menu
KAGIVA
tera, 18 de dezembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Pesquisador constrói detector de radiação com garrafa PET

17 Ago 2011 - 13h30Por Folha.com

Um pesquisador japonês desenvolveu detectores de radiação que utilizam garrafas PET recicladas em sua fabricação. De baixo custo, a invenção serve para suprir a crescente demanda pelos aparelhos, após o terremoto e o tsunami que atingiram o Japão em março deste ano e provocou um dos piores acidentes nucleares dos últimos 25 anos.

Os detectores criados pelo professor assistente da Universidade de Kyoto, Hidehito Nakamura, em cooperação com a empresa Teijin, cortam em 90% o custo em relação aos equipamentos similares existentes, muitos dos quais são produzidos por empresas estrangeiras.

Chamado de Scintirex, constitui-se de uma resina de plástico que emite um brilho fluorescente quando exposta à radiação. A resina age como um sensor dentro dos detectores, permitindo medir o nível de radiação.

O novo material deve reduzir drasticamente os custos para detectores pessoais de radiação e para aparelhos maiores de monitoramento que serão usados pelo governo e empresas.

Apesar das descobertas de Nakamura terem sido publicadas no periódico científico "Europhysics Letter" no final de junho, o desenvolvimento do produto se acelerou por causa da crescente demanda.

EM CONTA

"Queremos ter um produto pronto até o final de setembro, para atender à crescente demanda após o terremoto de março", disse Toru Ishii, executivo de vendas da Teijin.

O departamento de relações públicas da empresa estima que os sensores para os detectores estarão disponíveis para organizações governamentais e empresas classificadas como prioritárias por aproximadamente US$ 130 dólares (R$ 206), um décimo do custo dos aparelhos atuais.

Por enquanto, uma empresa francesa domina o mercado de sensores de radiação. No entanto, Ishii disse que a invenção de Nakamura deve competir nesse setor.

O terremoto e o tsunami massivos de 11 de março destruíram a usina nuclear Fukushima Daiichi, na costa nordeste do Japão, desencadeando o derretimento das barras de combustível e provocando a pior crise nuclear desde Chernobyl, na Ucrânia, em 1986.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADES
TCE abre 70 vagas em várias áreas para estagiários em MS
BANDIDAGEM - NÃO SOBRE NEM A IGREJA
Em MS, bandidos arrombam porta de Igreja e fogem com dinheiro das doações
FATALIDADE
Operador de máquina de 56 anos morre após acidente grave na Cohab
JARDIM - MS - OPERAÇÃO DA PRF E CIVIL
Grupo de Operações com Cães da PRF e Polícia Civil fazem 'arrastão' durante Operação em Jardim
GOVERNO DO ESTADO DO MS
Governo paga nesta terça-feira R$ 500 milhões em 13º para servidores
DEUS SALVOU BEBÊ E FAMÍLIA
Em MS, Carro capota e duas pessoas ficam feridas na BR-262; cadeirinha salva bebê
PREPAREM O TERERÉ
Semana seguirá de calor intenso e com pouca chuva no MS
13º CHEGANDO
Governo de MS confirma pagamento do 13º salário nesta terça-feira
BONITO - MS - TENTATIVA DE SUICÍDIO
Jovem sobe em torre de telefonia para tentar suicídio, PM resgata antes em Bonito (MS)
CIDADES
Motorista com destino a SP perde controle da direção e tomba carreta carregada de celulose na BR-158