Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quarta, 20 de junho de 2018
KAGIVA
Busca

Período de contágio do gado com febre aftosa é duas vezes mais curto, aponta pesquisa

7 Mai 2011 - 13h31Por Folha.com

O período de contágio do gado infectado pelo vírus da febre aftosa é duas vezes mais curto do que se acreditava anteriormente, revelou um estudo realizado por cientisas britânicos e publicado pela revista "Science".

Novos exames, dizem os especialistas, provaram que a rês infectada pelo vírus da febre aftosa só transmite a doença durante 1,7 dia e não 3,4 dias como se pensava.

"Com isso, a possibilidade de propagação do vírus fica muito mais limitada", afirma Mark Woolhouse, da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, um dos autores do estudo divulgado na quinta-feira.

Segundo os cientistas, a descoberta leva a crer que as medidas usadas para deter a propagação da infecção, como matar grande parte do rebanho, poderão ser reduzidas.

"A descoberta tambem pode mudar a forma como os especialistas em infecção abordam as enfermidades de uma maneira geral, incluindo as que afetam os humanos", diz Woolhouse.

A comprovação da nova tese foi possível mediante experimentos que determinaram o momento preciso da incubação e infecção do vírus de febre aftosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADES
Senai oferece 1,5 mil vagas em 15 cursos técnicos
CIDADES
IFMS divulga aprovados na graduação e chama para matrícula a partir de sexta
ESPORTES
Atleta de MS avança para fase principal de etapa do Mundial na República Tcheca
COPA 2018
Neymar volta a treinar, e Tite deve repetir equipe titular contra a Costa Rica
EM FAZENDA
Homem é atacado por touro no Pantanal e é resgatado por helicóptero
SANEAMENTO
Terceirização da Sanesul pode sair ainda nesse ano, diz Azambuja
REPERCUSSÃO
Assédio a mulher na Rússia envergonhou Brasil, diz ministro do Esporte
ECONOMIA
Venda direta de etanol pode reduzir preço para o consumidor nos postos
BONITO - MS -OBRAS
Prefeitura de Bonito vai reformar ponte sobre o Córrego Roncador
CRIME ORGANIZDO
Armamento encomendado pelo PCC da Bahia é apreendido em MS