Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 9 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca

Peão é ferido por touro em rodeio de Jaguariúna

9 Mai 2011 - 11h35Por Rafael Henrique/BonitoInforma

O peão Jeferson Tabareli foi atingido duas vezes após cair do touro, no Segundo dia de montaria, durante um rodeio que era realizado na cidade de Jaguariúna [SP]. O acidente aconteceu nesta sexta-feira [6] e o peão teve de sair de maca da arena.

A seqüência de golpes que foi exibido no telão mostra que o peão perdeu o equilíbrio e bateu a cabeça no touro. O peão foi golpeado no ar e atingido novamente no chão. Equipes de apoio tentaram afastar o animal, que ainda conseguiu derrubar um dos socorristas.

O peão foi levado para o Hospital de Jaguariúna. Depois de permanecer em observação, ele recebeu alta médica e passa bem.

2009

Em 2009, quatro pessoas morreram durante a realização do Jaguariúna Rodeo Festival. As vítimas foram pisoteadas durante uma confusão em um dos corredores de acesso à arena, que ficava embaixo da arquibancada, em frente ao palco.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DA G.M DE BONITO
Guarda Municipal de Bonito prende condutor embriagado em flagrante
AÇÕES DA GUARDA MUNICIPAL DE BONITO
Menores são presos por estarem destruindo o patrimônio público em Bonito
CONCURSOS
EDITAL da Polícia Militar abre 120 vagas com salário de R$ 5.769,42
TECNOLOGIA - ANDROIDS
Estes 22 apps detonam a bateria de milhões de Androids; veja a lista
BONITO - MS - NO JAPÃO - MMA
Bonitenses Sidy Rocha e a Edna Trakinas lutam neste domingo em Tokyo no Japão
BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador entrega na terça-feira mais de R$ 36 milhões em obras em Bonito (MS)
DOR E TRISTEZA
Gabrielly começou a ser agredida por colegas após presentear professora, diz família
GOVERNADOR DO RJ PRESO EM OPERAÇÃO
Pezão participa de hasteamento da bandeira em presídio de Niterói
BONITO - MS - EDUCAÇÃO INFANTIL
Bonito (MS) inova na educação infantil e terá jornada integral e parcial na Rede Municipal de Ensino
EM CIDADE DO MS - CRIME
Em MS, Homens são mortos com requintes de crueldade e polícia suspeita de latrocínio