Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 11 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Passaia diz que bandidos estão sendo inocentados

5 Mar 2011 - 10h11Por Campo Grande News

“Os réus da operação Uragano, estão sendo inocentados aos poucos, podendo ser inocentados no final do processo”. É o que afirma o jornalista Eleandro Passaia, ex-secretário de governo de Dourados, que levou gravações do esquema de corrupção que ocorria no município para Justiça.

“Os advogados de todos os acusados estão alegando, que não eu tinha autorização para fazer as gravações, tentando descaracterizá-las e eles estão quase conseguindo”, revela o jornalista.

Passaia diz que esta situação mostra que laços do esquema estão mais fortes.

“Infelizmente, a situação está mostrando que o sistema está mais forte. Depois de todos os vídeos mostrando esses esquemas, eles (os acusados) estão dando a volta por cima. As pessoas que denunciam, são colocadas como traidores, bandidos e os reais criminosos estão sendo inocentados”, reclama Passaia.

O jornalista prefere não comentar sobre a atuação da Justiça, mas diz acreditar que ela fará o seu papel, punindo os culpados.

“A máfia do palitó II” - Passaia disse que consultou um advogado, que informou que como testemunha ocular dos fatos e como jornalista ele pode escrever sobre a operação “Uragano”, mesmo o processo seguindo em segredo de justiça.

Ele conta que o próximo livro terá somente fatos que ele presenciou e que ele possa provar.

Delação premiada - O jornalista afirma que a imprensa está confundindo o sentido da delação premiada. Ele explica que assinou o documento para que os áudios e vídeos entregues a Polícia Federal e aos promotores tivessem validade e para demonstrar que ele fazia essa colaboração de modo espontâneo.

Segundo o jornalista, a legislação que trata a deleção premiada prevê a oportunidade de oferecer uma segurança ao colaborador, se algum fato pudesse colocá-lo como réu, o que não aconteceu.

“Eu não fui preso como as pessoas estão por aí. Eu fui convidado pelo Galloni para participar da operação e ele me deu os equipamentos para gravar. O Valfrido está de conluio com Artuzi para me prejudicar. Eu já estava gravando o Artuzi, quando ele me pediu para gravarmos os vereadores para eles pararem de pedir dinheiro”, relata Passaia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador Reinaldo Azambuja conclui MS-178 e entrega casas para 64 famílias em Bonito (MS)
ITAPORÃ - TRAGÉDIA EM FAMÍLIA
CRIME EM ITAPORÃ: Neto matou avó com duas facadas nas costas
BONITO - MS - CASO JOÃO DE DEUS
Bonito (MS) recebeu 'João de Deus' em 2008 e promotoria se coloca a disposição para denúncias
ITAPORÃ - CRIME EM FAMÍLIA
Menor mata a própria avó a facadas em Itaporã
CIDADES
Servidores do MPMS poderão trabalhar de casa a partir do próximo ano
TRANSPORTES
Definida empresa que irá elaborar Plano Diretor de Passageiros de MS
ATENÇÃO A TODOS
Jovem lutadora russa morre eletrocutada após queda de iPhone no banho
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Atenção contribuinte: Sistema autorizador da NF-e valida novos códigos a partir de 2019
EDUCAÇÃO
Universidade abre 1.481 vagas para portadores de diploma
CIDADES
Operação que tem Aécio como alvo cumpre mandados em MS