Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 17 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Para continuar investigação sobre mensalão, procuradoria pede quebra do sigilo da AL

25 Abr 2011 - 11h16Por Midiamax - Celso Bejarano e Éser Cáceres

O Procurador-Geral de Justiça de Mato Grosso do Sul, Paulo Alberto de Oliveira, anunciou nesta manhã de segunda-feira (25) o pedido oficial da quebra do sigilo bancário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Segundo o procurador, o pedido é necessário para assegurar a continuidade na investigação do suposto mensalão que foi detalhado pelo ex-deputado Ary Rigo (PSDB) no ano passado enquanto era gravado durante a Operação Uragano. Rigo, sem saber que era filmado, revelou um esquema de corrupção que envolveria os três poderes em MS.

É a primeira vez na história do estado que esse tipo de pedido judicial é feito contra um dos poderes sul-mato-grossenses. Desde 21 de setembro do ano passado, a PGE pede e aguarda documentos do parlamento estadual, mas, segundo o procurador, em certo momento das investigações os deputados recorreram à Justiça para não entregarem documentos bancários.

Os pedidos que blindaram a ALMS foram acatados. Mas agora, o MPE afirma que irá até o STF (Supremo Tribunal Federal) para conseguir acesso aos dados que os deputados estaduais querem esconder. O anúncio acabou de ser feito na sede do MPE pelo procurador-geral e a Assembleia ainda não se manifestou oficialmente sobre a decisão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS